[Review] Arlequina & Hera Venenosa - Paixões Violentas !

[Review] Arlequina & Hera Venenosa – Paixões Violentas !

Arlequina e Hera Venenosa - Paixões Violentas

Nome Original: Harley & Ivy: Love On The Lam
Editora/Ano: Mythos, 2002 (DC, 2001)
Preço/ Páginas: R$5,90/ 52 páginas
Gênero: Ação/ Super-Herói
Roteiro: Judd Winick
Arte: Joe Chiodo
Sinopse: Amor, sublime amor… à queima roupa! Como a adorável psicopata Arlequina supera a dor de um coração partido? Com o apoio de outra adorável psicopata… Hera Venenosa! Descubra o perigo de se magoar certas donzelas.

***

“Paixões Violentas” é uma história curta protagonizada por duas vilãs do Universo Batman: Arlequina e Hera Venenosa. O roteiro é de Judd Winick (Titãs, Exilados) e chega a ser simplista: Harley, depois de levar um pé na bunda do Coringa, resolve provar que sabe se virar sozinha e chama Hera Venenosa pra assaltar uma mega empresa. Pra convencer Pam disso, ela fala que essa tal empresa prejudica o meio ambiente. No meio da missão temos o Batman & Robin.

Harley & Ivy love on the lam comic hq página 1

Joe Chiodo é um capista que adora fazer pin-ups de heroínas e vilãs, famoso por seu estilo pintado. Ele ilustra a HQ com maestria em certos momentos e em outros seus desenhos parecem um borrão, distorcidos, principalmente em rostos. Esse conjunto de roteiro + arte mais ou menos fez com que muito fans da dupla não curtissem a HQ, algo que discordo bastante!

A história é leve, em nenhum momento tenta ser algo grandioso e sua principal qualidade está no humor: há muitas passagens engraçadas e algumas sátiras (propositais ou não) geniais. Talvez a principal influência aqui esteja na série animada do Batman, que tinha um visual mais cartoon.

Harley & Ivy love on the lam comic hq página 2

Se o roteiro de Winick não traz nada de mais, alguns momentos se destacam por uma certa “ousadia”. Começando pela relação entre Arlequina e Hera: na cena em que as duas conversam só faltou rolar um beijo ali! Outra parte muito boa é quando Bruce Wayne entra na festa da Branaco (empresa a ser assaltada pelas duas) acompanhado de Tim Drake. Uma mulher pergunta pra ele: você não deveria ter vindo acompanhado por uma dama, senhor? Todos sabemos o quanto essa relação Batman & Robin já foi comprometida, e Chiodo ainda dá uma cutucada colocando Robin em várias poses “comprometedoras”.

Harley & Ivy love on the lam comic hq página 3

Em outra sequência nesse estilo é quando Batman está preso e pede que Robin pegue um item em seu cinto. Arlequina também tenta “pegar” o item. Já deu pra ver que a história está longe de querer ser realista, pelo contrário, é bem ao estilo desenho animado. O final também é engraçado, assim como a relação entre Harley e Coringa, um eterno amor e ódio. E é sempre bom ver o Sr. C assim mais caricato.

Interessante como a Pam está parecendo a Jessica Rabbit nessa HQ ^^. Mesmo com os pesares e críticas, “Paixões Violentas” é uma história que me divirto bastante. Essa edição, lançada pela Mythos em 2002, possui capa couché e miolo em LWC. Recomendado pra quem quer se distrair e dar algumas risadas. Não é nada de outro mundo, mas quem busca algo sério pode passar longe…

nota 8,5 d

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br