[Especial] X-Force/ X-Men Legado: Necrosha!

[Especial] X-Force/ X-Men Legado: Necrosha!

x-men-necrosha-destaque-1

Arcos Principais: Necrosha (Necrosha) e Inesquecível (Not Forgotten).
Publicação Original/ Brasil: X-Force#17-25, X-Men: Legacy #231-233, Necrosha #1-2 e Cristal: Necrosha (Marvel, 2009)/ X-Men Extra #105-113 e #116, X-Men #111-112 (Panini, 2010).
Roteiro/ Arte: Craig Kyle & Christopher Yost, Mike Carey / Mike Choi, Claymton Crain, Kalman Andrasofszky. Clay Mann.

x-men-necrosha-1

Necrosha foi um evento interessante que deu continuidade aos primeiros arcos da X-Force do Kyle & Yost, publicado tanto nas páginas da X-Force quanto na de X-Men Legado e se desdobrando em outros especiais. Ocorre logo depois da Guerra Messiânica. Este review comenta (com spoilers) essa pequena saga.

x-men-necrosha-3

X-FORCE: INESQUECÍVEL

Antes de começar o arco “Necrosha” em si, temos as edições #17-20 de X-Force que mostra o desfecho da Rainha Leprosa: na Guerra Messiânica, Ciclope transportou para o futuro toda a X-Force (para ajudar Cable e a bebê Esperança), só que o grupo estava resgatando Satânico, Faísca e Dinamite das mãos de Bastion. Felizmente, quando eles voltam para o presente percebem que se passaram poucos segundos nessa realidade. A X-23 consegue salvar a Dinamite, matando a Rainha Leprosa, mas acaba sendo capturada pela nova “SHIELD”, sendo trancada e torturada pela Kimura.

x-men-necrosha-4

Um ponto interessante é que Wolverine discute com Ciclope, já que ele optou por enviá-los ao futuro e praticamente deixar morrer os outros jovens. Dominó e cia. conseguem libertar Faísca e Satânico, evitando um assassinato em massa nas Nações Unidas, mas ainda bastante feridos. Enquanto isso, Lupina está lutando contra Gigantes de Gelo, ao lado do novo namorado asgardiano: o lobo Hrimhari. E Selene consegue manipular o vírus tecnorgânico de Bastion, iniciando seu plano de ressuscitar diversos mutantes.

x-men-necrosha-2

O destaque fica pra X-23 na instalação da HAMMER. Kimura, pra tirar uma amostra da prisioneira, arranca um braço de Laura! A Agente Dupla Morales surge para ajudar, mas não consegue sozinha. Todas as cenas de ação com elas são sensacionais. Numa, a Kimura sai louca com uma serra elétrica na mão! X-23 consegue ativar o “modo assassino” dela e sai fatiando soldado a torto e a direita. Tem muito sangue. Muitos membros caindo e cabeças voando. As duas conseguem fugir de Kimura, deixando um rastro de destruição. Mike Choi e Sonia Obaka fazem um belo trabalho na arte, sendo violenta e pesada mas “clean”, diferente do Crain.

x-men-necrosha-5

NECROSHA

O arco principal (e o que importa) acontece em X-Force #21-25. Mas há uma edição especial que antecede o arco, mostrando Eli Bard (o vampiro escravo da Selene) dando à ela o vírus tecnorgânico do Bastion. Eles partem para Genosha e dispersa o vírus, ressuscitando todos os mortos da ex-Ilha Nação e transformando-os em escravos. Outros mutantes, que não estavam em Genosha, também são ressuscitados por ela: a incrível Sina, Cifra e Banshee. Ela os divide para atacar em várias frentes os X-Men. Arte pesada de Clayton Crain e a história empolgante da dupla Kyle & Yost, chega a dar medo algumas cenas.

x-men-necrosha-8

A Ilha Utopia é pega de surpresa por vários zumbis, dificultando o trabalho do Fera em manter Elixir, Faísca e cia. no hospital improvisado, que agora recebe também Lupina grávida de Hrimhari, só que seu corpo está rejeitando o bebê. Selene levantando Genosha, agora Necrosha, é algo muito bom, pena que a arte de Crain varia entre o muito bom e o borrado. Ela é tão escura que em vários momentos não dá pra entender o que está acontecendo na cena.

x-men-necrosha-7

Selene também forma um novo esquadrão particular, composto por Blink (a versão da Terra 616, estava desaparecida entre as dimensões), o sanguinolento Senyaka, a revoltada Mortis (irmã da Cristal) e Decompositor, ex-Novo Mutante. Eles são enviados à Utopia para recuperar a adaga de Eli Bard, dando início a mais uma batalha sangrenta. Blink, que sempre foi apagadinha, consegue arrancar as asas do Arcanjo e espatifar a Mercury! Até mesmo o Decompositor mata o antigo colega de turma, Onnyx. Enquanto isso, Hrimhari negocia com Hela, a deusa da Morte, entregando sua alma em troca de salvar Elixir, que é capaz de curar a Lupina e o bebê.

x-men-necrosha-9

Vanisher transporta toda a X-Force pra Necrosha, para impedirem Selene, mas não chegam a tempo: ela termina seu ritual, devora todos os ressuscitados e se transforma numa gigante de maiô (porque vilã e heroína não sentem frio). Apache, outro que também era apagadinho, se destaca e usa um pó-vodu para encobrir os colegas da feiticeira. Ele acerta Selene com a própria adaga, que explode e desaparece no ar. No processo, muitos zumbis fogem e não dá pra saber se eles “voltaram” mesmo ou não. Decompositor é morto por Elixir numa outra luta muito boa.

x-men-necrosha-11

X-MEN LEGADO: TERRA, ENTREGUE SEUS MORTOS

Enquanto o pau tava comendo em Necrosha e Utopia, Sina manda um recado para Olhos Vendados: ela acredita que há algo errado na Ilha Muir. Assim, Ciclope envia uma equipe para verificar: Vampira, Magneto, Astral, Noturno, Colossus, Olhos Vendados e Psylocke. A história é mediana e ocorre em X-Men Legado. Nela, Proteus (ou alguma energia) possui o corpo da sensitiva e passa a derrotar e possuir todos os outros. Magneto tira forças do além e consegue explodir o inimigo, também com a ajuda de Vampira e a adaga da Psylocke, que consegue liberar os corpos de outras energias. Uma cena legal é quando Sina se despede da Vampira, sua filha. Fiquei na esperança da Mística (que era casada com a Sina) de aparecer, mas acabou não acontecendo.

x-men-necrosha-6

CRISTAL

Necrosha ainda se desdobra em Novos Mutantes, com a participação do Cifra, mas vou comentar quando fizer o review da própria revista dos Novos Mutantes. Um outro especial que a saga ganhou (e bem curioso) é protagonizado pela Cristal, numa edição que leva seu nome. Na história, pós-Necrosha, Mortis se une a Arcade para tentar matar a irmã. Não traz nada de mais, até porque ninguém acaba morrendo de verdade, mas é bacana de ler. Sempre é bom ver Cristal pegando seus patins e correndo louca e cintilante numa batalha, a arte é bem bonita e ver os flashbacks da cantora é ótimo.

x-men-necrosha-10

A pequena saga Necrosha acabou me surpreendendo positivamente. Toda a história na X-Force é ótima, por mais que Selene tenha morrido na praia. Quer dizer… ela fica gigante que nem um monstro dos Power Rangers e é morta logo em seguida. Nem deu pra sentir o perigo. Mas todo o percurso, desde a batalha de Laura e Kimura até Blink e o Arcanjo, é sensacional. Pena que precisava se expandir pra outras revistas, com o arco em X-Men Legado e até mesmo Cristal e Novos Mutantes não serem nada grandiosos e bem dispensáveis. Tem até uma edição anual da X-Force protagonizada pelo Wolverine numa missão super clichê e dispensável, mas com a tarja de “Necrosha” pra pegar o embalo.

nota 8,5 ;

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br