[Especial] Fabulosos X-Men: Tudo É Sinistro e Tabula Rasa!

[Especial] Fabulosos X-Men: Tudo É Sinistro e Tabula Rasa!

Fabulosos X-Men - Tudo É Sinistro e Tabula Rasa Destaque 1

Arcos Principais: Tudo é Sinistro (Everything is Sinister) e Tabula Rasa.
Publicação Original/ Brasil: Uncanny X-Men #1-10 (Marvel, 2012)/ X-Men #134-136 (Panini, 2013).
Roteiro/ Arte: Kieron Gillen/ Carlos Pacheco, Brandon Peterson e Greg Land.

Fabulosos X-Men - Tudo É Sinistro e Tabula Rasa 1

A revista Fabulosos X-Men (Uncanny X-Men) foi a primeira dos mutantes, publicada lá em 1963 apenas como “X-Men” e depois ganhando o “Fabulosos”. Foi a mais longa também, sendo cancelada em 2011 na edição #544, graças aos eventos do Cisma, dividindo os mutantes. Assim, em 2012, surge o segundo volume dos Fabulosos X-Men, a partir do número #1, focando em Ciclope e a galera que não quis sair com o Wolverine e ir pra sua nova escola, optando por permanecer em Utopia. Devido aos últimos acontecimentos, Ciclope formou uma equipe com poder de fogo suficiente pra acabar com qualquer ameaça, a chamando de Equipe Extinção: irão defender o mundo, mas os mutantes serão prioridade. Chega de dar a outra face, Ciclope pretende revidar qualquer ataque. Botar medo, mesmo. Finalmente! E pra isso ele tem na equipe o Magneto, Namor, Emma Frost, Colossus, Magia, Tempestade, Psylocke, Esperança e Perigo. Muitos deles, diga-se de passagem, são ex-vilões. Os dois primeiros arcos, Tudo é Sinistro e Tabula Rasa, foca em como essa equipe age, preparando terreno para o evento Vingadores VS X-Men. Review com spoilers!

Fabulosos X-Men - Tudo É Sinistro e Tabula Rasa 2

TUDO É SINISTRO

Kieron Gillen (The Wicked + The Divine) é o roteirista desse segundo volume de Fabulosos e ele já começa o primeiro arco colocando Ciclope como líder da nova equipe Extinção, dizendo a função de cada um dentro dela e como possuem poder suficiente para serem comparados aos países com armas de destruição em massa. É bom ver os X-Men finalmente bolando um plano assim, sem essa de serem mártires pra sempre. Já tava na hora de começarem a revidar. De um jeito ou de outro isso vai meio contra o que o Professor pregava, mas cabe bem com o cenário que os mutantes estavam, entrando em extinção. Assim, Ciclope fica de olho arregalado em qualquer problema que surja, pra poder mostrar sua equipe ao mundo pela primeira vez. E a primeira missão não é tão empolgante: o Sr. Sinistro surge dos confins de não sei onde (ele estava morto desde Os Pecados do Pai e, aparentemente, havia reencarnado num corpo feminino em Pecado Original) e passa a controlar o Celestial Sonhador, a máquina amarela que está estacionada em SanFran há um tempo já. Ele consegue manipular a energia celestial, gerar alguns mini-robôs e sai voando dentro da cabeça dele. O ponto alto da luta é o momento em que a Emma, em sua forma de diamante, começa a se gabar que é indestrutível e, de repente, tem o braço cortado fora! Então ela passa o resto da missão nessa forma, já que assim não sente dor.

Fabulosos X-Men - Tudo É Sinistro e Tabula Rasa 3

Sinistro, dentro da cabeça do Sonhador, pousa sobre um museu e transforma o seu redor, se multiplicando ao montes com a energia roubada. Ele cria uma mini cidade de Sinistros: tem cópia dele pra tudo quanto é canto e de várias formas, de humanas a animais. A Agente Brand faz uma ligação urgente ao Ciclope, informando que há diversos Celestiais em direção à Terra, já que mexeram em seu companheiro exilado. E ela não sabe se estão vindo em paz ou não, que a equipe Extinção precisa se livrar desse problema o mais rápido possível. A luta contra o Sinistro é na pegada do Matrix, com cópias sendo jogadas pra cima e destruídas sem nenhum rancor, e sua mente sendo transportada de cópia em cópia. Comparado ao Sinistro que havia aparecido antes, esse aqui é muito mais cômico. Deixando a história meio trash. Há bons momentos, como Esperança bancando o Rambo e atirando na testa dos inimigos. Muito bom! Emma sai de sua forma de diamante, pedindo que Namor faça um torniquete em seu braço, e consegue acessar a mente do vilão, mandando-o embora. Mesmo assim os Celestiais chegam em São Francisco, encarando a equipe. Ciclope é mais diplomático, dizendo que a situação está sobre controle, que Magneto conseguiu manter o “esqueleto” do Sonhador, que não há nada para temerem (ou atacarem). Mas aí a Esperança manda eles irem embora, na cara larga. Só faltou mostrar o dedo do meio. E não é que eles vão?

Fabulosos X-Men - Tudo É Sinistro e Tabula Rasa 4

A última parte do arco, na edição #4, temos um flashback do Sinistro, quando ele pegou um espécime da Falange (podemos dizer assim?) para tentar entender seu sistema de coletividade (e talvez tenha vindo daí a ideia de se multiplicar). O espécime é destruído, mas mesmo a única pequena parte que sobrou, caída no mar, consegue se reconstruir tomando formas orgânicas próximas, como minhocas. Consegue formar uma mão e depois um rosto, sendo resgatado por uma garota e, depois, tomando tanto ela quanto toda sua família. Mas ele percebe que seu sistema de coletividade, típico da Falange, desapareceu. Ele começa a virar um grande aglomerado de resíduos que vai absorvendo. Sua ideia é criar uma antena e se comunicar com outros de sua espécie. É uma história bem bacana. Quando ele toma toda uma cidade, os X-Men chegam para impedi-lo. Mas os ataques são inúteis. O espécime cria sua antena, mas não consegue nenhum contato. Ao perceber que está sozinho, ele abaixa suas defesas e é morto. Chega a ser triste. Minha dúvida é quanto ao Warlock, que tem uma relação com o tecnovírus, em como o espécime não conseguiu encontrá-lo.

Fabulosos X-Men - Tudo É Sinistro e Tabula Rasa 5

TABULA RASA

Falando em cidade destruída, em seguida os X-Men vão investigar a redoma que surgiu numa cidade, matando todos os seus habitantes e criando um ecossistema próprio. Trata-se da Tabula Rasa que o Arcanjo, tomado pelo Apocalipse, criou usando uma Semente da Morte na Saga do Anjo Negro: destruiu a cidade e criou um novo pequeno mundo no lugar, onde milhares de anos se passaram em poucas horas. Psylocke se junta à equipe, já que Emma está tratando seu braço, e fica dissimulando não saber do ocorrido. Porém ela foi uma das responsáveis, indiretamente, por isso, já que podia ter matado o Anjo e prevenido tudo isso. Magneto é o único da equipe que sabe da existência da nova X-Force, mas promete guardar segredo, tirando uma onda com ela, dizendo que em tempos de crise é válido ter trocado 5000 humanos (a população da cidade) por uma vida mutante (a do Anjo). A equipe Extinção entra em Tabula Rasa e se dividem para investigarem o lugar. O desenhista da vez é o Greg Land, então já podemos esperar duas coisas: cenas extremamente sexuais e repetidas. E temos as duas.

Fabulosos X-Men - Tudo É Sinistro e Tabula Rasa 6

A cidade é bem bonita, com uma fauna e flora intrigante, além de habitantes selvagens que começam a construir altares aos “deuses”. Nesse ponto o Land merece pontos, tudo ficou lindo. Mas na contra-mão, temos momentos super trashes. Começando pela Tempestade fazendo a mesma pose que 90% das outras personagens desenhadas por ele já fez, com os braços abertos soltando algum poder. Esperança e Namor se unem pra investigarem o lago da Tabula, e ela fica soltando indiretas pra ele a todo momento. Quando que esse flerte surgiu que não percebi? Ciclope é capturado por um Apex, que era a raça superior que habitava o lugar milhares de anos antes (tudo isso ocorreu nas poucas horas de evolução…). Ele é o “Apex Bom“. O outro único sobrevivente é o “Apex Mau“, que usa uma armadura estilo Homem de Ferro e odeia os habitantes selvagens. Num momento, o Magneto usa o metal do seu próprio capacete para atacá-lo. Muito bom! Mas em outro o Apex Bom abre as mãos e fica a cara daquela criatura que não tem olhos do Labirinto do Fauno. O Greg Lan chupinha as coisas na cara larga!

Fabulosos X-Men - Tudo É Sinistro e Tabula Rasa 7Há toda uma trama e explicação sobre o passado do lugar, que é até interessante, só fica difícil acreditar que tudo ocorreu em tão pouco tempo. O Apex Mau tenta usar a energia celestial para acabar com tudo, mas é desmoralizado e desaparece. O clima sexual, claro, continua firme e forte: os dois Apex são cônjuges, já que sua espécie só decide o sexo ao se unir a outro. Os dois se uniram, mas nenhum queria ser a “mulher”, então continuaram assim, meio sem sexo definido. Bizarro, mas okay. Agora o Namor encontra o que seria a “Rainha” dos mares, uma peixe-verme gigante, dá um beijo nela e, tempos depois, comenta com a Esperança que está tudo resolvido. Ele usou o que sabe fazer de melhor, o que toda espécie entende, independente da língua. Sim, ele transou com a criatura. Num dos momentos mais WTF! dos X-Men. Com o Apex Mau derrotado, a equipe e forças do Governo isolam a area, criam uma redoma sobre a cidade, com um céu artificial e tudo que tem direito, para manterem o Apex Bom e os habitantes selvagens. É um bom final, mostra que lembraram das cagadas que o Arcanjo fez e dá um “final feliz” pra ela, virando uma espécie de nova “Area 51″. Mas esse lance do Namor, gzuis…

Fabulosos X-Men - Tudo É Sinistro e Tabula Rasa 8

FUGA EM MASSA

O último arco antes de começar a saga Vingadores VS X-Men é o pequeno Fuga em Massa, nas edições #9-10. Ele serve pra colocar a semente da discórdia entre as duas equipes. E só. O Pico, na base de operação da Agente Brand, possui diversos prisioneiros espaciais, dentre eles o misterioso Unidade, que “prevê” (ou provoca) uma explosão na prisão, mandando todos os prisioneiros pras cucuias. Só os mais fortes, como ele, conseguem sobreviver e cair na Terra. A Agente, então, chama os X-Men para encontrar e capturar esses “fugitivos”. Já que são muitos, os Vingadores também aparecem pra ajudar. Já há um certo atrito entre os dois, já que Ciclope reuniu uma equipe mais forte que qualquer outra, mas o ápice ocorre quando Unidade engana as Cucos, se passando por um novo mutante, e Ciclope manda Esperança e sua equipe até ele. Afinal, um novo mutante é mais importante que esses fugitivos espaciais. Esperança é capturada pelo Unidade e, quando fica sabendo, Ciclope convoca todo mundo e teleporta para o local. Larga os Vingadores e todo mundo pra trás, só pra salvar a garota. Tá certíssimo! Mas Unidade consegue derrubar a equipe, até mesmo a recém recuperada Emma Frost e seu braço (que foi conectado).

Fabulosos X-Men - Tudo É Sinistro e Tabula Rasa 9

No fim das contas é a Perigo que dá um fatality nele, que parece a prancha do Surfista Prateado. Aliás, a Perigo vem sendo uma das melhores X-Man, ela tá sempre pronta pra atacar, não é burra e nem cai em armadilhas telepáticas. Com o Pico destruído, a Agente Brand pede que os X-Men fique com Unidade em sua prisão particular, que é a “mais segura da Terra”. Ciclope aceita. Já os Vingadores não gostaram nada que foram abandonados no meio da batalha, percebendo que o civis não são mais a prioridade dos X-Men. Dois primeiros arcos legais. Não chega a ser extraordinário, mas é legal ver o final que deram pra Tabula Rasa e em como Ciclope uniu a galera e não está mais disposto a engolir sapos dos humanos. Mas o Sr. Sinistro/ Agente Smith foi um pouco triste. E Greg Land e suas taras não combinam com a história. E olha que gosto de bizarrice! Mas o Namor com a verma lá…. Sem contar na luta contra o Unidade, que ativa os feromônios da Emma e do Namor, que já caem no chão e começam a tirar a roupa….

nota 7,0 0

Fabulosos X-Men - Tudo É Sinistro e Tabula Rasa 10

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br