[Review] X-Men #59, #60 e #61!

[Review] X-Men #59, #60 e #61!

X-Men #59 Panini X-Men #60 Panini X-Men #61 Panini

Nome Original: X-Men #175 ao #177; Uncanny X-Men #463 ao #465; New X-Men #15; Black Panther #8 e #9;  Decimation: House of M – The Day After #1;  Giant-Size X-Men #3;  New X-Men: Academy X Yearbook Special
Editora/Ano: Panini, 2007 (Marvel, 2006)
Preço/ Páginas: R$6,90/ 100 páginas cada
Gênero: Ação/ Super-Herói
Roteiro: Peter Milligan; Nunzio Defilippis & Christina Weir; Chris Claremont; Reginald Hudlin; Joss Whedon
Arte: Salvador Larroca; Paco Medina & Georges Jeanty ; Chris Bachalo & Alan Davis; David Yardin; Aaron Lopresti & Randy Green; Neal Addams
Sinopse: X-Men: a equipe enfrenta a ameaça do Fantasma Vermelho em Niganda. Novos X-Men – Academia X: os adolescentes tentam impedir o Blob de destruir tudo. Fabulosos X-Men: Rachel e Psylocke, na realidade da Dinastia M, tentam reverter o processo. O Dia Seguinte: toda a consequência dos atos da Feiticeira Escarlate.

***

Tinha feito um review melhor dessas edições, mas que foi apagado misteriosamente -_- Então fiz esse outro depois de xingar muito.

São mostradas as consequências do evento Dinastia M, quando a Feiticeira Escarlate alterou a realidade e anulou o Gene X de quase todos os mutantes. Os poucos que sobraram com poderes tentam deter uma possível guerra civil entre humanos e mutantes. Enquanto as histórias estão interessantes, Destrutor nos prova mais uma vez como um dos piores líderes X dos últimos tempos.

Uncanny X-Men #463

Fabulosos X-Men: Rachel e Psylocke saem da Sala Incandescente e são jogadas na realidade de Dinastia M, enquanto o Capitão Britânia dessa realidade também se lembra da missão dada por Roma: solucionar esse problema e evitar da Terra ser destruída, já que está causando problemas às outras realidades. Os três se unem para tentar “acordar” as outras pessoas, mas recebem muita resistência por parte da Guarda de Magneto, liderada pela Sentinela Ômega Karina Shapandar.

Uncanny X-Men #464

Além dela, é interessante ver outros personagens dentro dessa realidade, de como ficaram. A Karina é uma das mais diferentes, tornando-se quase um Megaman. Uma coisa que me incomoda bastante nas histórias, e aqui acontece com certa frequência, é a destruição de tudo sem muito sentido. Começando pelo Capitão, quando vê a Saturnyne dessa realidade. Ele a confunde com a “verdadeira” e dá início a uma destruição da mansão Braddock, assim do nada. Vamos pensar um pouco, antes?

Uncanny X-Men #465

O ápice da história é quando uma fenda inter-realidades (ou algo assim) é aberto e precisa ser fechada. Psylocke, Rachel e o Capitão Britânia tentam a todo custo fechá-la a tempo, mesmo com Karina e Cia. batendo pesado, fica difícil. O trabalho acaba sobrando para Meggan, a mutante elemental e esposa de Brian. O momento em que ela decide sacrificar-se para fechar a fenda é bastante emocionante. Outro destaque é o uniforme oriental de Betsy, uma lindeza.

New X-Men #15

Novos X-Men – Academia X: a primeira história é quase uma homenagem à uma outra dos X-Men originais, criada décadas atrás. Os professores antigos precisam sair e o “baile de formatura” dos Novos X-Men fica por conta de Miragem e antigos colegas de equipe. Um Blob irado por não ter feito parte de uma invasão feita pela Irmandade dias antes, resolve ir sozinho ao Instituto resolver esse problema. Os novatos, então, são pegos de surpresa.

New X-Men Academy X Yearbook Special

O legal é ver as Irmãs Stepford de uniforme e os adolescentes trabalhando em conjunto, mas… Cadê a utilidade dos Novos Mutantes originais? Miragem Magma parecem duas inúteis, deixando pra Ventania e sua turma a missão de parar o Blob (e conseguem!). A segunda história é quase um spin-off, mostrando a equipe indo acampar pra tentar resolver seus problemas, já que as intrigas adolescentes estão cada vez maiores. Como brinde, ao final da edição há um “anuário” com todas as equipes jovens do Instituto, um database com nomes, poderes, líderes e tutores. Muito bom!

X-Men #175

X-Men: gosto muito do Peter Milligan, seu trabalho com os X-Táticos foi incrível, mas não dá pra defendê-lo à frente da equipe principal! Liderados pelo Destrutor, os X-Men recebem um chamado de Niganda, onde estranhas mutações estão ocorrendo com animais. Alex reúne Gambit, Vampira, Homem de Gelo, Polaris e Wolverine para a missão. Uma equipe de membros fortes e experientes, bom lembrar! Tempestade não é chamada, mas bate o pé e vai junto, já que sua ida “não está aberta a discussão”. Ororo <3

X-Men #176

Na África, a equipe encontra o Pantera Negra (que também está investigando o caso) e partem para enfrentar o Fantasma Vermelho e seus Super-Macacos, que querem instaurar no local um Estado Comunista chamado República Símia Socialista (WTF?). A partir daqui, é só ladeira abaixo. Sério. Um vilão de terceiro escalão consegue aprisionar a Polaris e passar a perna em todo esse pessoal.

X-Men #177

Chega a ser hilário como a equipe cai em armadilhas ridículas, parecem um bando de inexperientes, quase um episódio do Scooby-Doo. Tudo errado, uma equipe bem burra. Não sei se Milligan quis expor a inabilidade de Destrutor em liderar, mas que ficou feio, ficou! Sem contar no clima caricato de Planeta dos Macacos. Em meio a tudo isso, temos: uma Tempestade pelada e 100% nem aí, fazendo cena com o Pantera; o ciúmes que já vem irritando entre Polaris, Destrutor e Homem de Gelo; e uma salada entre os macacos inteligentes. As histórias são intercaladas com a série do Pantera Negra, escrita por Reginald Hudlin (que ficou no comando da revista de 2005-09!) e desenhada por David Yardin (Aria – O Mercado de Almas).

Decimation House of M - The Day After #1

O Dia Seguinte: tratando exatamente do dia após a Dinastia M, a humanidade tenta entender o que aconteceu: como, da noite pro dia, quase todos os mutantes acordaram sem poderes e com o Gene X anulado. A repercussão é grande, assim como o estrago. Muitos são afetados e é sempre interessante ver como reagem a isso. Um tempo atrás o Alto Evolucionário fez algo parecido e rendeu uma boa história. Muitos mutantes, agora sem poderes, se revoltam e começam um ataque aos humanos. E os humanos, agora confiantes por não serem mais uma minoria fadada a extinção, também iniciam ataques a sedes da Corporação X. Uma guerra civil prestes a acontecer.

Decimation House of M - The Day After #1 2

O Governo é suspeito pelo ocorrido, quase ninguém ainda se deu conta da Feiticeira Escarlate. Talvez esse seja o melhor fruto de Dinastia M, mostrar que os mutantes podem ser extintos. (E também um marketing da Marvel pra diminuir essa classe, que só vinha aumentando). O Instituto precisa liberar os muitos alunos que perderem os poderes pra casa, na tentativa de usar a escola pra outros fins. Legal também ver que agora é cada um por si, já que Ciclope não consegue o apoio de Madrox e nem da própria Tempestade, que decide ficar na África.

Decimation House of M - The Day After #1 3 X-Men #178

Há uma tensão muito boa, mutantes clássicos como o Homem de Gelo, Jubileu, Calysto e o Blob foram afetados pela magia da Wanda. Em meio a tudo isso, um programa governamental cheio de Sentinelas (sempre eles) é reativado devido a crise e aterrizam no quintal do Instituto. Com poucos mutantes fortes, parece que o fim está perto. Mas, mais uma vez, o pessoal nem pensa direito e já parte pra porradaria, destruindo pela 8768ª vez a escola. A continuação desta cena ocorre em X-Men, com a equipe liderada por Destrutor… Quer dizer, fudeo. Há muita destruição, a aparente perda de poderes da Polaris (que dá o braço a torcer e não quer aceitar) e um outro grupo se aproximando e crucificando alguns mutantes, liderados por uma mascarada (que suspeito ser a Víbora).

Giant-Size X-Men #3 2

Giant Size X-Men: fechando esse review, teve um especial estrelado pela segunda geração de mutantes (Tempestade, Solaris, Pássaro Trovejante, Noturno e Colossus), que ocorre logo quando eles chegam ao Instituto, sendo testados e postos um contra o outro pelo Wolverine. Uma história divertida, escrita pelo Joss Whedon e desenhada pelo incrível Neal Adams (que fez a clássica saga do Monolito Vivo). Em suas mãos, todos os personagens ficam lindos. Não me importaria se ele aparecesse com mais frequência. Wolverine e Colossus ficaram demais, sem contar com o Noturno, uma graça <3 Além de uma homenagem aos velhos tempos, há uma piada interna muito boa! Vendo a confusão dentre os novos membros, Logan solta a pérola: “particularmente, eu aposto que o Pássaro Trovejante dura mais que o resto”. E morreu.

Giant-Size X-Men #3

X-Men continua numa boa fase, apesar da equipe ridícula do Destrutor. Com histórias que trazem algo de interessante à cronologia. Aqui que iniciou-se o novo affair entre Tempestade e Pantera Negra, que futuramente irão se casar. Sem contar que a mutante está cada vez mais firme e independente. A Dinastia M mexeu com todas as bases da Marvel, vai ser muito bom ver como vão lidar com isso.

nota 7,5 d

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br