[Review] Universo DC Apresenta: Desafiador #3 !

[Review] Universo DC Apresenta: Desafiador #3 !

universo-dc-apresenta-desafiador-233-capa-ryan-sook-cover
Nome Original: DC Universe Presents #5; Strange Adventures #205; DC Universe Holidays Special ‘09
Editora/Ano: Panini, 2012 (DC, 2011; 2010; 1967)
Preço/ Páginas: R$6,90/ 52 páginas
Gênero: Alternativo
Roteiro: Paul Jenkins; Arnold Drake; Scott Kolins
Arte: Bernard Chang; Carmine Infantino; Scott Kolins
Sinopse: Boston Brand, em sua busca para descobrir o que está por trás de seu pacto com a deusa Rama Kushna, encontra-se com a poderosíssima entidade conhecida como Filho da Manhã, um ser que já era antigo quando o Paraíso era novo. O Filho da manhã empreende um passeio psicodélico em uma montanha russa ao lado de Brand, concordando em responder 20 perguntas. O Desafiador termina com mais dúvidas do que havia começado. E Rama não está nada contente com a pequena investigação de Brand.

***
Última edição desta “minissérie” do Desafiador que, além da conclusão da história principal, também contêm um especial de natal curto e a primeira história do personagem, publicada em 1967. Os desenhos e as montagens de Bernard Chang estão excelentes, sendo o melhor (visualmente falando) dos três números. Interessante que o Desafiador sempre teve esse apelo para inovações “artísticas”, como é possível comprovar nessa edição e, também, na mini Amor Após a Morte. Mas, infelizmente, o roteiro não acompanhou a arte e finaliza de modo simples, sem profundidade.

A deusa Rama Kushna não gostou de Boston querer descobrir toda a verdade e por ter falado com Filho da Manhã. Ela o trouxe para sua dimensão, criando jogos psicológicos, até que seu ponto fraco é descoberto. Rama é imortal, possui um vasto poder, pode interferir na vida das pessoas, brincar com elas, fazer praticamente tudo; porém uma dúvida paira em sua mente, sobre o porque de sua existência, porque consegue fazer isso. Isso a perturba, e Boston era uma peça chave em seu jogo para resolver esse mistério (assim como outros que ela usa).

universo-dc-apresenta-desafiador-233-p-C3-A1ginaO Desafiador tenta barganhar com a deusa, lhe dando a pergunta que Rama quer em troca de sua “liberdade”. E a história se desenrola nessa briga de “cão e gato”, já que ela é difícil na queda. Johnny, o sobrevivente de guerra, também participa da conclusão, num final heroico  onde recupera sua alto-estima. Tudo muito bonito e simpático, mas que não foi bem desenvolvido. A cena de Jhonny com os ladrões ficou engraçada, pra não dizer bizarra, além de que essa “fraqueza” de Rama poderia ser melhor explorada.

Por outro lado, o visual de Desafiador é excelente. Começando pelas capas criadas por Ryan Sook, o mesmo de Dark, sempre instigantes. A arte interna é do desenhista Bernard Chang (Superman, Mulher-Maravilha) com as cores de Blond (Capuz Vermelho e os Foragidos), e é o ponto alto. A caracterização e cenários de Chang são bons, com belas sequências, mas o destaque fica para a diagramação de algumas cenas. Na página dupla acima já dá pra ter uma ideia, quando Rama grita com Boston e ele se multiplica até cair no infinito, demais!

universo-dc-apresenta-desafiador-233-strange-adventures-23205A história seguinte data de 1967, originalmente publicada em Strange Adventures #205, sendo a estréia do personagem. Apesar dela já ter sido publicado no Brasil antes (em formatinho), foi um ótimo acréscimo à esta mini, já que é bastante comentada nos “extras” das edições anteriores. Escrita por Arnold Drake (Dark Shadows) e desenhada por Carmine Infantino (Flash), ela não muda muito do que foi recontado nos Novos 52. Bosto é arrogante, briga com todos no circo e, quando realiza seu número, leva um tiro e morre. A deusa Rama surge e lhe dá uma sub-vida para encontrar seu assassino, porém todos são suspeitos. Tudo acontece muito rápido e abrupto, mas levando em conta o período lançado (há mais de 40 anos!), ela é boa e interessante por conta desse suspense. Os desenhos de Carmine também se destacam, com ângulos e cenas inusitadas. Fiquei curioso se na série original Rama é vilã ou não (quem souber, comente!).

Fecha UDA #3 um curto especial de Natal onde o Desafiador salva Karen (a mãe do Espantalho) do suicídio. Apesar de não ser tão relevante, historicamente falante, é uma leitura descontraída, com destaque para os flashbacks do Espantalho. Scott Kolins (Ponto de Ignição) assina o roteiro e a arte. O acabamento segue o padrão anterior: capa couchê, miolo pisa-brite e reprodução das capas originais, além de uma matéria escrita pelo lendário Neal Adams contando sobre sua experiência ao comandar a série do Desafiador logo após sua estréia. Tal matéria e a estréia do personagem fizeram a diferença, além da arte de Chang.

universo-dc-apresenta-desafiador-233-DC-Universe-Holidays-Special-E2-80-9809

 

nota 8,5 o

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br