[Especial] Viúva Negra: Sem Mais Segredos!

[Especial] Viúva Negra: Sem Mais Segredos!

Arcos Principais: Sem Mais Segredos (No More Secrets).
Publicação Original/ Brasil: Black Widow #8-12 (Marvel, 2017)/ Inédito.
Roteiro/ Arte: Mark Waid e Chris Samnee/ Chris Samnee.

A Viúva-Negra ganhou uma nova série mensal com os eventos da All-New All-Different Marvel, nas mãos da aclamada dupla Mark Waid e Chris Samnee, a mesma que vinha alavancando o Demolidor. Infelizmente a revista durou apenas 12 edições, com a última lançada em março desse ano, totalizando dois arcos. O primeiro, A Mais Procurada Pela Shield, estabeleceu a Natasha dentro dessa nova fase da editora, sendo chantageada pela figura misteriosa do Leão Chorão, que ameaça liberar alguns segredos dela pro público. Nada de novo no fronte, já que a Viúva tem tantos segredos que nem chega a ser novidade. Mas esse segundo e último arco, Sem Mais Segredos, fecha muito bem o plot, deixando a série como uma grande saga em 12 edições, mostrando uma espiã calculista, sangrenta e barra pesada em cenas incríveis. Em vários momentos pensei “ela ainda é uma Vingadora?“, de tão pesada algumas situações. Review sem muitos spoilers!

SEM MAIS SEGREDOS

O Leão Chorão foi desmascarado no primeiro arco. O grandão, na verdade, é apenas o “músculo” da empreitada, com o verdadeiro vilão sendo um telepata franzino. Ambos são derrotados pela Viúva, que agora quer utilizar o inimigo pra encontrar a Diretora da Sala Vermelha, o complexo que criava as Viúvas, e acabar com a nova iniciativa dela: a Sala Escura, além de salvar as possíveis garotinhas que estão na experiência. Os objetivos de Natasha são bastante nobres, afinal de contas ela não quer que ninguém cresça como ela cresceu. Mas os métodos são um tanto questionáveis, digamos assim. Um ponto legal é que o arco já começa com um flashback, numa das primeiras missões da Viúva Negra, ainda criança, que consistiu em assassinar o tio do Leão Chorão. Por ser ainda inexperiente, ela acabou sendo vista pelo Leão e seu primo, também crianças na época, matando o homem na frente deles. Justificando toda a vingança por detrás da situação. Mas o que impressiona, além de ilustrar bem o porque dela querer prevenir esse futuro das outras garotas, é a violência explícita. Crianças com armas, sangue voando, cabeças explodindo, gargantas cortadas… principalmente por se tratar de uma revista comum da Marvel, sem ser de algum selo mais adulto.

O encontro da Viúva Negra com a Diretora, agora já velha, e sua filha, a Reclusa, também é muito bom. A Natasha não volta atrás com seu plano e ainda dá uma esculachada na Reclusa. Nesse momento que pensei, “ela é uma heroína?“. Não uma das típicas! Porque ela bate pesado na humilhação! O arco vai se desenrolando com ela e o Leão Chorão (telepata) tentando encontrar as garotas que a Diretora despachou com o novo programa da Sala Escura, além de enfrentar a própria Reclusa. Uma dessas missões é na Casa Branca, onde há uma Viuvinha infiltrada numa excursão escolar, a fim de assassinar o Vice-Presidente. Outra sequência muito boa, com crianças super armadas e sendo encurraladas por seguranças. O arco ainda guarda duas participações especiais, sendo uma o Soldado Invernal. Apesar das referências e do fã-service, pra mim foram dois pontos baixos, com cenas meio bregas.

Com exceção disso, Sem Mais Segredos é um arco frenético. Mark Waid nos entrega uma trama adulta e, o melhor de tudo, sem ligação com a Guerra Civil II, ficando mais contido. Há vários destaques, como quando as garotas tentam fugir de seu cárcere: chocante! Perto do final, a missão de resgate acontece na Antártica, numa base secreta da SHIELD, colocando Reclusa e Viúva cara a cara. Um outro ponto interessante é que os desenhos de Chris Samnee, além de muito bons e terem as cores sensacionais de Matthew Wilson (Mulher-Maravilha), foge da sexualização típica das heroínas. As roupas são bem estilizadas, assim como as feições e penteados. Sim, o perucão da Diretora e sua silhueta dão um visual incrível. As próprias Viuvinhas também possuem uniforme fechado, aumentando a credibilidade delas, já que são espiãs. Há um desfecho um tanto previsível, com a velha decisão de lados, mas que é compensado pelos vários momentos WOW. Num deles, por exemplo, a Viúva é obrigada a atirar numa das Viuvinhas!

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br