[Review] Sandman Apresenta: Contos Fabulosos !

[Review] Sandman Apresenta: Contos Fabulosos !

Sandman Apresenta contos Fabulosos

Nome Original: Merv Pumpkinhead: Agent of Dream; The Dreaming #55; Sandman Presents: Everything You Always Wanted To Know About Dreams… But Were Afraid To Ask
Editora/Ano: Panini, 2012 (Vertigo, 2000/2001)
Preço/ Páginas: R$20,90/ 132 páginas
Gênero: Alternativo/ Comédia
Roteiro: Bill Willingham
Arte: Mark Buckingham e convidados.
Sinopse: Bill Willingham recebeu a missão de mostrar aos reles mortais os bastidores do Sonhar, o mundo criado por Morfeus na série Sandman. E fez isso magistralmente em três aventuras. Em Merv Cabeça de Abóbora, Agente do S.O.N.H.A.R., o faxineiro trapalhão recebe a missão de capturar um sonho foragido… mas nem sempre as coisas saem como ele planeja. Em As Novas Aventuras de Danny Nod, O Heroico Bibliotecário-assistente, Bill nos apresenta a um novo personagem do Sonhar. E, finalmente, em Tudo que Você Sempre Quis Saber Sobre Sonhos… Mas Tinha Medo de Perguntar, são respondidas diversas dúvidas (algumas pertinentes, outras nem tanto…) sobre o fabuloso Sonhar. Seus sonhos jamais serão os mesmos após ler essas histórias…

***

Neil Gaiman pegou um personagem esquecido da DC, o Sandman, e o reformulou numa perspectiva totalmente diferente em 1989, criando a série homônima que durou 75 edições e que abriu caminho para o selo Vertigo. Aclamada pela crítica, Gaiman estabeleceu certos parâmetros do Sonhar com nuances fantásticos e ao mesmo tempo reais, mas sempre com uma delicadeza que só ele sabe fazer. Mas o universo do Sonhar não terminou com a última edição de Sandman, pelo contrário, ganhou diversos spin-offs no decorrer dos anos, pelas mãos de vários autores, expandindo-o. A Panini recentemente publicou toda a série em 4 volumes definitivos, cujo primeiro fiz um mega review aqui, então pra quem tem curiosidade quanto a ela dê uma lida, pra não me estender muito. Nem preciso comentar o quanto gosto e me influenciou na Central dos Sonhos

“Sandman Apresenta” é uma coleção que a Panini vem lançando com esses spin-offs da série original, totalizando 5 até o momento (+ dois livros ilustrados dos Pequenos Perpétuos). Em “Contos Fabulosos” são 3 histórias independentes, lançadas originalmente entre 2000 e 2001, inclusive duas delas já saíram por aqui no passado pela Brainstore e Opera Graphica. Todas escritas por Bill Willingham, o grande criador da série Fábulas, cuja narrativa é bastante característica, cheia de citações e inspirações literárias, com frases de efeito e títulos enormes, humor negro e a já conhecida habilidade em mesclar o fantástico com o mundo real. Dentre os desenhistas temos seu parceiro de longa data (e também de Fábulas) Mark Buckingham numa história longa e diversos convidados para histórias menores, como Paul Pope, Phil Jimenez, Adam Hughes, Peter Gross…

Merv Pumpkinhead - Agent of Dream

Merv Cabeça de Abóbora, Agente do S.O.N.H.A.R.: Merv é o faxineiro do Sonhar, um sonho com cabeça de abóbora que vira e mexe ajuda seus companheiros a limpar algumas “sujeiras”. Malandro e galanteador, adora contar vantagem e nunca se sabe o quanto de suas histórias são reais ou invenção. Dessa vez ele precisa ir atrás de uma sonho que roubou um pouco da “areia mágica” pra negociar com um tirano que deseja adormecer o mundo. Com passagens hilárias, Merv se inspira em 007 pra solucionar a missão, com direito à “Bond Girls”. Willingham inclusive faz referência a Agente 86, outra série de espião (e consequentemente à bela Agente 99). Até os títulos de cada capitulo fazem homenagem à eles.

A arte de Mark Buckingham é muito clean e agradável, com ótimas caras e bocas e perspectivas, seu estilo lembra as histórias mais antigas da Vertigo ou da própria Sandman. Devido ao grande número de “easter eggs” no roteiro, sua arte caiu direitinho. Um ponto interessante, e que se desenvolve por todo o álbum, são teorias e fórmulas que Willingham dá ao Sonhar. Nessa primeira história ele explica, através de “Lam”, como os sonhos conseguem se materializar na Terra, viajando entre os sonhos das pessoas locais (algo que Gaiman já tinha passado por cima), muito bom.

Sandman Presents Everything You Always Wanted To Know About Dreams... But Were Afraid To Ask review

As Novas Aventuras de Danny Nod, o Heroico Bibliotecário Assistente: a Biblioteca é um dos lugares mais interessantes do Sonhar, ela reúne todos os livros algum dia criado ou imaginado, e funciona sobe a administração de Lucien e seus assistentes, entre eles Danny Nod. Após várias edições sumirem do catálogo, Nod é encarregado de procurá-las com a ajuda do bebê-gárgula Goldie, iniciando uma aventura por cenários literais conhecidos e outros nem tanto, como Peter Pan e João e o Pé de Feijão. Um ótima sacada e adição a mitologia da Biblioteca. O diferencial fica por conta da arte, já que cada “cenário” é desenhado por um artista diferente.

Além das referências óbvias, Nod sempre chama Goldie pelo nome de algum parceiro famoso da literatura/ cinema/ quadrinhos, desde Watson à Sancho Pança (de Sherlock Holmes e Don Quixote, respectivamente), entre outras que exigirá mais atenção do leitor. Nod também está trabalhando num juramento dos bibliotecários-assistente ao estilo “na noite mais densa e no dia mais claro” ^^.

Sandman Presents Everything You Always Wanted To Know About Dreams... But Were Afraid To Ask

Tudo Que Você Sempre Quis Saber Sobre Sonhos… Mas Tinha Medo de Perguntar: com um dos títulos mais legais, esse capítulo é o que tinha mais curiosidade, já que é nele que Willingham tenta solucionar mistérios como “por que temos pesadelos?”, “por que temos sonhos recorrentes” etc, e é aqui que vemos as principais diferenças entre o autor e Neil Gaiman. A solução aqui é sempre bem humorada e descomprometida, diferente do clima de mistério da série original. Para Willingham os sonhos são como filmes, com direito a diretor, roteirista, atores e até companhias, e é dessa premissa que surge as respostas. Temos sonhos repetidos talvez porque um roteirista ficou sem criatividade, ou um estúdio demorou a entregar o “filme”, deixando que repita sonhos anteriores.

São ótimas sacadas, sem dúvida, mas particularmente esperava algo mais “profundo”. Assim como a história anterior de Danny Nod, esse capítulo é repleto de pequenas histórias, cada uma ilustrada por um artista diferente. Entre os personagens estão Caim, Merv, Lucien e Nuala, uma engraçada assistente.

Sandman Presents Everything You Always Wanted To Know About Dreams... But Were Afraid To Ask 2

“Contos Fabulosos” é, como o próprio nome diz, uma coletânea de pequenas histórias protagonizadas pelo Sonhar e seus habitantes, escritas por Willingham em parceria com muitos desenhistas que ampliam alguns conceitos de “Sandman”. Apesar de nada grandioso, são todas engraçadas, umas mais outras menos, repleta de referências que vão do cinema à literatura, passando pelos quadrinhos, claro. Uma leitura leve e que vale a pena. O álbum também tem consultoria do próprio Gaiman, então tudo que lemos se aplica a cronologia “oficial”.

A edição da Panini é muito boa, em capa dura e papel couché, trazendo comentários do autor e mini biografia dos envolvidos. As capas originais também estão no miolo, com destaque pelas criadas por Dave McKain, simplesmente um dos melhores capistas do mercado (e meu preferido). Vale comentar que na versão original também tem a história “A Tessalíada”, que a Panini decidiu excluir por já tê-la publicado entre as Vertigo #1 e #4. Será que ela não pensou que nem todos leram? -_- Outra curiosidade (e que pode ser spoiler) é que essas histórias ocorrem quando Morfeus está fora do Sonhar, deixando seu trono para Daniel Hall (por isso os personagens sempre citam seu nome).

nota 8,5 h

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br