[Review] Bórgia Vol. 4: Tudo é Vaidade !

[Review] Bórgia Vol. 4: Tudo é Vaidade !

B-C3-B3rgia-Vol.-4-Tudo-C3-A9-Vaidade-capa
Nome Original: Borgia, Tome 4: Tout Est Vanité
Editora/Ano: Conrad, 2011 (Albin Michel, 2010)
Preço/ Páginas: R$43,00/ 56 páginas
Gênero: Erótico
Roteiro: Alejandro Jodorowsky
Arte: Milo Manara
Sinopse: A saga do papa mais escandaloso da história da Igreja Católica chega ao fim no quarto livro da série Bórgia. Alexandre VI foi o papa que aprovou o Tratado de Tordesilhas, mas ficou mais famoso como símbolo da corrupção do Vaticano renascentista. 
***
.
Quarto e último capítulo da série Bórgia, escrita pelo cineasta Alejandro Jodorowsky (El Topo) e ilustrada pelo Milo Manara (Click), sobre a família mais polêmica da história do Vaticano e do papado: os Bórgia, sempre envolvidos em tragédias, assassinatos, estupros, incesto, fratricídio, prostituição, corrupção e por ai vai. Confira o review das edições anteriores: Sangue Para o Papa, O Poder e o Incesto e As Chamas da Fogueira.

B-C3-B3rgia-Vol.-4-Tudo-C3-A9-Vaidade-p-C3-A1gina-1Durante os três primeiros capítulos, Jodorowsky comandou a história de maneira excepcional: apresentou a subida de Rodrigo Bórgia ao papado, suas peripécias para manter os inimigos distantes, a relação incestuosa de seus filhos, a situação religiosa da Itália, os festejos, as orgias e tudo o mais que deixou os membros dessa família tão conhecidos. Os desenhos de Manara é, como de costume, excelente: repleto de detalhes, cores vibrantes, mulheres sensuais e cenas que, digamos, “pouco convencionais”. No final, tivemos três HQs de ótimo nível tanto em roteiro quanto em arte.

Nesse quarto volume Jodoroswky encerra toda a história da família: a subida de César ao poder, as traições, as mortes de Lucrécia, Rodrigo e Giovani, além de muitas outras até o declínio e reviravolta do papado. A expectativa é grande, claro, porém ao terminar de ler ficamos com a impressão de que, além de tudo ocorrer rápido demais, muitos aspectos pareceram estar ali apenas para “causar” (não que os anteriores não tenham), mas desta vez de maneira duvidosa. Talvez fosse melhor um volume 5 para finalizar.

B-C3-B3rgia-Vol.-4-Tudo-C3-A9-Vaidade-p-C3-A1gina-2Não houve tempo para explicar cada acontecimento e até mesmo Lucrécia, uma das principais personagens, morre e sequer é sentido sua falta pelos demais. A arte de Manara continua excelente, com belas “tomadas” e sua diagramação sempre ampla e abordando inúmeros personagens ao mesmo tempo e realizando diferentes ações. Suas cenas, inclusive, são ótimas para observar e tentar encontrar algum ato “curioso”.

Apesar de não atender à expectativa do leitor, principalmente em relação aos tomos anteriores, Bórgia Vol. 4: Tudo é Vaidade continua sendo uma boa leitura, com acabamento de qualidade e um dos melhores trabalhos de Milo Manara. Vale comentar a presença surpresa de Da Vinci, que ajuda César na construção de máquinas de guerra “criativas”. Nada de espetacular, se não fosse o corpo de César sendo usado como preço à ser pago pelo trabalho.

B-C3-B3rgia-Vol.-4-Tudo-C3-A9-Vaidade-p-C3-A1gina-3
nota 7,0 9
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br