[Especial] Fabulosos X-Men: Ponto de Ruptura e A Essência do Medo!

[Especial] Fabulosos X-Men: Ponto de Ruptura e A Essência do Medo!

Fabulosos X-Men - Ponto de Ruptura e A Essência do Medo Destaque 1

Arcos Principais: Ponto de Ruptura (Breaking Point) e A Essência do Medo (Fear Itself).
Publicação Original/ Brasil: Uncanny X-Men #534.1-544 (Marvel, 2011)/ X-Men #125, #127-131 e #133 (Panini, 2012).
Roteiro/ Arte: Kieron Gillen/ Terry Dodson e Greg Land.

Fabulosos X-Men - Ponto de Ruptura e A Essência do Medo 1

Ponto de Ruptura” e “A Essência do Medo” foram os dois últimos arcos de Uncanny X-Men, que foi a primeira revista mutante! Cancelada no final de 2011 em sua edição #544, pra dar lugar à uma nova reformulação editorial. Nesses arcos, escritos por Kieron Gillen (The Wicked + The Divine), temos vários acontecimentos importantes como o retorno (total) de Kitty Pryde e a transformação de Colossus em agente de Cyttorak. Review especial com spoilers desse término de volume!

Fabulosos X-Men - Ponto de Ruptura e A Essência do Medo 7

PONTO DE RUPTURA

Esse arco começa com a Prefeita Sadie alertando Ciclope que a presença de Magneto em Utopia deixou a população de São Francisco em alerta, temendo o vilão. Assim começa um processo de Relações Públicas com os X-Men, com ela conversando com o próprio Magneto, em como poderão mudar sua imagem. Coincidentemente, tem uma equipe qualquer que prevê terremotos e vem ameaçando a cidade. Quando um enorme terremoto vai abater San Fran, Magneto usa seus poderes para recalibrar as placas terrestres e impedir uma catástrofe maior. Assim ele dá uma “limpada” em sua imagem de terrorista. O arco em si foca em Kruun, o ditador do Grimamundo (que foi o principal vilão em Surpreendentes X-Men) e que teve seu braço arrancado e seu governo destruído. Agora ele e seu povo viajam pelo espaço, pedindo asilo político na Terra. A Agente Brand convoca Ciclope e boa parte dos membros que enfrentaram Kruun para resolverem o problema. Percebendo a situação do alien e se sentindo responsável por isso, ele oferece Utopia para abrigá-los, já que a Ilha atua como uma soberania. Abrigar uma raça bélica como essa daria certo? Claro que não.

Fabulosos X-Men - Ponto de Ruptura e A Essência do Medo 2

O povo do Grimamundo começa a se abrigar em acampamentos por toda a Ilha e Magneto pede a ajuda de Kruun para entender melhor do metal daquele mundo. E na primeira oportunidade, o alien derruba Erik e Madison Jeffries com uma cópia da Cura, que ele vê como uma arma. Na surdina, ele consegue paralisar Ciclope e imobilizar os telepatas, pra poder se vingar de Colossus e Kitty sem interrupções. Vou nem parar pra entender como ele conseguiu tirar com tanta facilidade os grandões da equipe. O metal de seu mundo consegue perfurar o corpo de Kitty, mesmo estando em sua forma intangível. Ele também usa a Cura em Colossus, o derrubando. Outro que ele tira de cena com um “brinquedo” é o Logan. Um estrago e tanto que ele faz.

Fabulosos X-Men - Ponto de Ruptura e A Essência do Medo 3

Haleena, que é tipo sua esposa, não gosta do rumo que a história está levando e de como Kruun está cego por vingança, e acaba cortando a garganta de Kitty e depois passando sua energia vital pra ela. Haleena cai e Kitty renasce restaurada, controlando seu poder novamente. Kruun não consegue ver sua amada morta e acaba usando sua própria energia vital para ressuscitá-la, assim os dois continuam vivos, mas fracos. E para a raça deles, esse ato de transferir energia é considerado uma das maiores fraquezas, como um pecado. Depois da poeira abaixar, Ciclope perdoa Krunn (que também nem tem mais condições de lutar) e São Francisco adota mais um grupo de renegados: o povo do Grimamundo passa a morar num bairro da cidade. A arte é dos Dodson, que geralmente ficam com as capas (sempre boas, diga-se). Um arco que serve pra trazer a Kitty que conhecemos de volta, mas que não surpreende tanto. Retomar o que Surpreendentes criou foi interessante, mas só até aí. O “final feliz” para Kruun pode parecer bom, já que agora seu povo tem um novo lugar pra viver; mas teria muito mais impacto se ele tivesse morrido para tanto, já que levava sua dignidade em primeiro lugar.

Fabulosos X-Men - Ponto de Ruptura e A Essência do Medo 5

A ESSÊNCIA DO MEDO

Tem uma história curta com a Esperança antes desse arco, com ela sendo sequestrada e depois resgatada pelo Logan, servindo pra mostrar o quanto ele tem medo dela, principalmente de no futuro precisar matá-la se for preciso, caso ela perca o controle. Já o arco em si é a parte dos X-Men no crossover A Essência do Medo, onde uma divindade asgardiana (A Serpente) causa pânico em toda a Terra, utilizando de alguns “avatares”. O Fanático é um deles, que recebe o poder dessa Serpente e parte pra São Francisco, formando “fiéis” no caminho e colocando duas opções para o pessoal da cidade: ou os humanos aniquilam Utopia ou os mutantes largam mão dos humanos. Sadie e Ciclope se unem pra tentarem parar o irrefreável Fanático. Enquanto os X-Men colocam em prática diversos planos de contenção, com várias baixas (Esperança desmaia depois de tirar o capacete, Emma é nocauteada psiquicamente, Vampira não aguenta tocá-lo e por aí vai) e com direito ao vilão andar no ar, o melhor fica nas entrelinhas. Um pouco antes, por exemplo, o Namor visita o quarto de Emma pra tentar convidá-la pra um sapeca-iaia, mas morre na praia. Fica no ar se eles estão/ tiveram algo ou não, sem contar que ele joga na cara dela que Scott casou com a Jean e com ela, nada. E a arte é do Greg Land, ou seja, tudo é muito sexual. Sem contar que Emma em sua sala mental já estava prevendo a era Joanne da Lady Gaga, usando um chapéu e roupa de cowgirl bem questionáveis. Outro ponto meio bizarro é o Teon, um dos mutantes que a Esperança salvou: ele parece um cachorro de estimação. Magia está presa mas acaba sendo solta para ajudar a equipe, indo com Kity e Colossus visitar o Cyttorak, o demônio que dá os poderes do Fanático.

Fabulosos X-Men - Ponto de Ruptura e A Essência do Medo 6

Cyttorak fica furioso por Cain seguir outra divindade e acaba oferecendo seu poder para Magia, mas Colossus toma a frente e recebe os dons do cristal, ganhando uma armadura vermelha e caindo em cima do Fanático, chutando sua bunda pra longe e fazendo-o voltar para onde veio. O arco funciona pra dar esse novo status ao Colossus, que fica com essa armadura por um tempinho. Kitty meio que chama o namorado de frouxo, já que sempre está disposto a se sacrificar por alguém (mas todo herói não faz isso?) e termina com ele (o que não faz sentido). Ciclope também dá um ultimato pra Prefeita Sadie, dizendo que os X-Men poderiam matá-la quando quiserem, então é bom ela abrir os olhos porque eles não serão mais vítimas (já que ela poderia ter aceitado a proposta da Serpente). Ele indo embora com o Magneto acaba reforçando o quanto ficaram parecidos. O arco não é ruim e ver Ciclope comandando toda a ação e voltando às raízes, tentando parar o Fanático, é bastante legal. A última edição é relacionada ao Cisma, jogando um spoiler na minha cara, com a divisão da equipe e futuro retorno à Mansão.

nota 7,5 d

Fabulosos X-Men - Ponto de Ruptura e A Essência do Medo 4

Ah, a edição #539 tem essa Transônica lindíssima desenhada pelo Ibraim Roberson (X-Men Origens: Gambit).

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br