[Central dos Sonhos] Pandora: a Droga Onírica !

[Central dos Sonhos] Pandora: a Droga Onírica !

Pandora by John William Waterhouse

Quadro A Caixa de Pandora by John William Waterhouse

Leia Bem-Vindo à Central dos Sonhos para entender o projeto. Curta a página no Facebook.

***

Pandora é uma substância sintética, produzida em laboratório e comerciada em grandes centros urbanos. Popular entre os jovens, esta droga promete “despertar a mente e conectar consciente e inconsciente”. Sua origem é desconhecia e ganhou grande popularidade nos últimos anos. Por ser recente, não há estudos que comprovem consequências à médio e longo prazo de seu uso constante.

Vendida em pequenos frascos de 5 Ml semelhantes aos de amostras de perfume, é consumida oralmente. A ingestão de apenas um frasco de Pandora é o suficiente para que a pessoa sinta seu efeito: dilatação das pupilas, aumento da temperatura,  aceleração dos batimentos cardíacos e, por fim, forte sonolência.

Ao dormir, a pessoa entra rapidamente no estado REM do sono, a fase em que ocorrem os sonhos, causando paralisia momentânea dos músculos e registrando uma intensa atividade no sistema nervoso. Ao acordar, os sintomas psíquicos se assemelham ao LSD como alucinação, pensamento desordenado, perda do controle emocional, delírio. Ao usá-la excessivamente, é possível que ocorram “flashbacks”, que é sentir o efeito da droga semanas e até meses após seu uso.

Pandora Droga dos Sonhos

Apesar dos sintomas, é no sono que ela começa a agir. Ao forçar o estado REM, a pessoa passa a ter uma melhor consciência dos próprios sonhos e, consequentemente, um melhor controle sobre os mesmos. Passam a ter sonhos lúcidos, no qual sabe-se que está sonhando e é possível realizar desde atos fantásticos como voar até criar ruas, bairros e cidades. Mas ao mexer com o inconsciente de maneira tão brusca, nunca se sabe as situações, dilemas e insides possíveis de encontrar. Quem vende recomenda que a pessoa transite “superficialmente” sobre os sonhos, na area denominada “Sala dos Sonhos”, uma zona de segurança da mente e intermediária entre a consciência desperta e o inconsciente profundo.

Devido o alerta, criou-se uma lenda em torno do uso de Pandora: a da Central dos Sonhos, o mais profundo local do inconsciente, que conecta a consciência coletiva. Nesse estado do sono, a mente fica instável e geralmente a pessoa acorda. Muitos dizem que existe uma “Criadora” na Central, força que mantém as mentes longe de lá. O porque ninguém sabe.

O nome “Pandora” deve-se ao mito homônimo. Na mitologia grega, o titã Prometeu roubou do Olimpo o segredo do fogo e o entregou aos homens, ensinando-os. Irado, Zeus cria a primeira mulher e, com a ajuda dos demais deuses, lhe dá diversas virtudes como beleza e inteligência, mas também ganancia e traição. Ela recebeu o nome de Pandora e foi entregue aos mortais, juntamente de um jarro contendo todos os males e conhecimentos do mundo que nunca poderia ser aberto. Mas por curiosidade, ela acabou abrindo-o e seu conteúdo foi espalhado pela Terra… somente um permaneceu lá dentro: a esperança.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br