[Eu Vi] Ratinho Patriota (Oscar 1944 de Curta Animado) !

[Eu Vi] Ratinho Patriota (Oscar 1944 de Curta Animado) !

.
Nome Original: The Yankee Doodle Mouse
Direção/ Ano: William Hanna & Joseph Barbera, 1943
Roteiro/ Estúdio:  William Hanna & Joseph BarberaMetro-Goldwyn-Mayer
Duração: 7 minutos
Sinopse: Tom e Jerry se enfrentam numa guerra onde vale tudo!

Continuando a série de especiais que reunirá os vencedores desta categoria tão obscura do Oscar, ano por ano. Leia o post [Especial] O Oscar de Melhor Curta-Metragem de Animação para conhecer um pouco da trajetória do prêmio pela Acadêmia e o Índice dos Curtas para os já comentados.



O Ratinho Patriota é o 11º curta metragem do Tom & Jerry e o primeiro a receber o Oscar de Curta Animado; nos anos seguintes a série faturou mais 6 estatuetas na categoria. Assim como o vencedor do ano anterior, A Face do Fuehrer, esta animação também retrata a Segunda Guerra Mundial de forma bem humorada. Vale comentar que, apesar de cartunesco, esse é considerado um dos “episódios” mais violentos de Tom & Jerry.

Como de costume, Tom está brigando com Jerry e tornam a casa onde convivem num verdadeiro campo de batalha, e nessa guerra vale usar tudo que encontrar pelo caminho como arma. Granadas, tanques, pára-quedas, rifles e bombas são substituídos por sultiens, lâmpadas, caixa de leite, banana etc. Tudo é válido para acertar o inimigo. Destaque para a cena onde cai uma tábua de passar e Jerry acerta Tom com um ralador. Um curta bastante divertido de se assistir, apesar da temática já conhecida da série. 


O patriotismo é uma característica fortemente presente, assim como em A Face do Fuerher, um método dos EUA se firmar como potência na II Guerra Mundial e exaltar a “liberdade americana”. Ao final, Jerry encaminha uma carta curiosa pedindo que lhe envie mais gatos. Quando foi exibido no Cartoon Network, a cena em que mostra Tom com a cara preta (devido a explosão da bomba) foi censurada por estereotipar os negros. Exibições mais recentes voltaram a mostrar essa cena.

O título original (The Yankee Doodle Mouse) é uma referência ao filme Yankee Doodle Dandy (A Canção da Vitória), um musical de 1942 sobre a vida de George M. Cohan, um dos pioneiros da Broadway. Uma das composições de Cohan (Over There) está presente na trilha-sonora do curta. Vale comentar que é uma das primeiras experiências em retratar Tom sob duas patas, e não como um gato “comum”.

 
nota 8,0 i
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br