[Eu Vi] A Face do Fuehrer (Oscar 1943 de Curta Animado) !

[Eu Vi] A Face do Fuehrer (Oscar 1943 de Curta Animado) !

a-face-do-fuehrer-capa
.
Nome Original: Der Fuehrer’s Face
Direção/ Ano: Jack Kinney, 1943
Roteiro/ Estúdio:  Joe Grant & Dick Huemer/ Disney
Duração: 8 minutos
Sinopse: Pato Donald é acordado pela Marcha de Hitler, tendo que trabalhar numa fábrica de armas até enlouquecer.
.
Continuando a série de especiais que reunirá os vencedores desta categoria tão obscura do Oscar, ano por ano. Leia o post [Especial] O Oscar de Melhor Curta-Metragem de Animação para conhecer um pouco da trajetória do prêmio pela Acadêmia e o Índice dos Curtas para os já comentados.

Der Fuehrer’s Face foi (e ainda é) uma polêmica animação produzido por Disney sobre a Segunda Guerra Mundial e protagonizado por um de seus mais famosos personagens: o Pato Donald. Usado como uma forma de crítica ao nazismo, foi visto com maus olhos pelo público geral por associar um personagem infantil à suásticas e ao famoso grito “Heil Hitler”. O título original era pra ser Donald Duck in Nutzi Land que, numa tradução livre, significa Pato Donald na Terra dos Naziloucos; mas foi escolhido A Face do Fuehrer, provavelmente pela música.


Foi eleito o 22º Melhor Curta pelo livro Top 50 Greatest Cartoons, a partir da votação de 1000 profissionais de animação; e considero o primeiro curta “sério” a ganhar o Oscar nesta Categoria, particularmente. Houve, sim, indicações para títulos mais “engajados”, porém as 10 animações vencedoras (até agora) foram adaptações de contos/ fábulas e voltadas ao público infantil. Devido ao tema delicado, a Disney retirou A Face do Fuehrer do circuito comercial e só relançaram em 2004, mais de 60 anos depois, em DVD na coleção Tesouros Disney. A canção-título, entretanto, foi regravada por Spike Jones e se tornou um hit em 1942-43.


Na história, uma banda sai marchando por uma cidade deserta decorada por suásticas em todos os locais, desde árvores, papel de parede à postes. Curiosamente, os músicos são os principais líderes do Eixo durante a Segunda Guerra Mundial, dentre eles Benito Mussolini (Itália) e o Imperador Hirohito (Japão). Cantando os “benefícios” da doutrina nazista, chegam na casa de Pato Donald e o acorda para sua jornada de trabalho. Aqui começa sua rotina, trabalhando exaustivamente numa fábrica de armas até o momento em que surta. 

Logo que levanta da cama, Donald lê o Mein Kampf, livro escrito por Hitler entre 1925 e 1926 onde expressa seus ideais e considerado a “Bíblia Nazista”. No período da Guerra, sua leitura era considerada quase que obrigatória na Alemanha. Outra curiosidade é a famosa frase “Heil Hitler” dita por Donald cada vez que a face do Fuerher surge, num total de 33 vezes (quase 34). A animação é considerada como “propaganda de guerra” por, ao final, ridicularizar Hitler e exaltar o patriotismo americano.


Outros destaques são a cena final (da desordem), as piadas nas entre-linhas e a música, que acompanha todos os 8 minutos de duração e que fica na mente. Recomendo ouvirem a versão do Spike Jones, muito engraçada. Sem dúvida, um curta obrigatório para os fans de animação devido seu valor histórico. No mesmo ano foi lançado Educação Para a Morte (Education For Death), outro curta da Disney com temática semelhante e tão interessante quanto.

nota 10 k
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br