[Review] X-Men Extra #41, #42 e #43 !

[Review] X-Men Extra #41, #42 e #43 !

X-Men Extra #41 panini X-Men Extra #42 Panini X-Men Extra #43 PaniniNome Original: X-Treme X-Men #41, #42, #43 e #44; Exiles #37, #38, #39 e #40; X-Statix #17, #18, #19 e #20
Editora/Ano: Panini, 2005 (Marvel, 2004)
Preço/ Páginas: R$6,90/ 100 páginas cada
Gênero: Ação/ Super-Herói
Roteiro: Chris Claremont; Judd Winick & Chuck Austen; Peter Milligan
Arte: Igor Kordey; Clayton Henry & Jim Calafiore; Mike Allred & Nick Dragotta
Sinopse: X-Treme Men: Bishop é capturado por Elias Bogan e Sábia cria duas equipes para resgatá-lo. Mais a volta de duas x-woman. X-Táticos: a equipe sofre várias baixas em sua batalha contra o Sr. Código. Exilados: Mímico é dominado pela Ninhada e causa uma perda na equipe. A volta da Arma X, numa realidade prestes a ser extinta.

***

X-Treme X-Men está chegando à seu final, com o último arco da série, trazendo antigos heróis das cinzas e mostrando o passado de outros. X-Táticos, apesar de continuar mais um pouco, também está chegando ao seu fim =/. Peter Milligan, (in)felizmente, já começou a matareliminar os membros da equipe. Enquanto isso os Exilados continuam firme e forte, desta vez focado em outra equipe: a Arma X.

X-Treme X-Men #41

X-Treme X-Men: nessas três edições de X-Men Extra temos o arco “Prisioneiro do Fogo”, último da série. Bishop se deixa capturar por Elias Bogan e sua black-telepata, pra poder deixá-lo ocupado enquanto Sábia e os demais x-treme bolam um plano pra adentrar sua fortaleza e, finalmente, poder vencê-lo. Por mais que tenha seus cons, a história ficou melhor que a péssima “Arena” com Tempestade e Yukio. As duas, aliás, quase não aparecem.

Sábia forma duas equipes para o resgate: uma que irá lutar com Bishop possuído e distraí-lo o maior tempo possível, enquanto outra pega Bogan de surpresa. A equipe do ataque é formada por Gambit, Míssil, Mancha Solar e… Skids! A mutante com poder de criar uma “barreira” em volta do corpo, que não aparece nas HQs há anos. Lembro dela só no formatinho. Enfim, todos lutam com Bishop (cansam de falar como ele é fod@) e perdem feio, até Gambit chegar e derrotá-lo de maneira patética. Lembrando que o cajum está sem poder.

X-Treme X-Men #42

A outra equipe é formada por Sábia, Vampira, Magma e Lince Negra, convidada de honra aqui. Amara descobre que Bogan está no subsolo da Corporação X. Chegando lá elas se deparam com Bishop, Gambit e Cia. possuídos pela black-telepata, mais todos os outros inimigos genéricos que Claremont criou, prontos pra brigarem. Mas todos.tropeçam.uns.nos.outros!! Quer dizer… Sem palavras. Bishop e Gambit revelam que não estavam sendo manipulados e enganaram todo mundo.

Enquanto isso Sábia conseguiu encontrar a “essência” do vilão, uma espécie de objeto de cristal. Vampira e Kitty entram no objeto pra salvar a telepata e eliminar Bogan. Flashback da vida de Sábia passa pra todos verem, ela era uma guerrilheira que encontrou Charles soterrado numa caverna (evento que o tornou paralítico), e mesmo com todo seu histórico, ele aceitou ajudá-la. A gente deduz que a partir daqui ela foi direcionada ao Clube do Inferno. Interessante a história. Conclusão do arco: Sábia iria se sacrificar pra matar Bogan, mas foi impedida. A black-telepata foi libertada e é, na verdade….. Rachel Summers! Outra personagem sumida há tempos.

X-Treme X-Men #43

Tudo parece interessante, não fosse pelos já conhecidos defeitos de X-Treme. A arte de Igor Kordey chega a doer os olhos em alguns momentos, a expressão de alguns personagens chega a ser grotesco. Muitos momentos são totalmente desnecessários como os vilões tropeçando, a viagem de Magma e Sábia pelo interior da Terra, as diversas lutas com mutantes-genéricos… E a falação do Claremont, como de costume: Míssil de repente virou o líder e passa duas páginas falando sem parar, por duas vezes.

X-Statix #17

X-Táticos: a série continua interessante, mas parece que está atirando pra todos os lados, como era no início. Nas últimas edições tivemos o arco com os assassinatos aleatórios promovidos por Sr. Código, além de Lacuna ter sido baleada. A apresentadora não morreu, mas ficou em coma, causando comoção na população (que chega a orar por ela). Falecida vai até o Inferno encontrar Spike Freeman, ex-líder da equipe, pra saber a localização do Sr. Código. Informação descoberta, os X-Táticos partem pra guerra. E depois de muita porrada, duas baixas: Henrietta recebe um golpe e morre; o vilão está prestes a explodir e Adiposo o envolve para proteger os inocentes, morrendo em seguida.

X-Statix #18

A equipe fica desapontada, mas bola pra frente! O jeito é fazer sucesso com a segunda morte de Henrietta! Uma equipe de produtores utilizam frases suas em programas de TV para criar um álbum de remixes, que logo se torna um sucesso. A música principal, entretanto, vem causando a morte de quem a escuta. É o espírito perturbado da cantora, que quer saber quem a matou pela primeira vez. Trabalho para os X-Táticos. A história não tem nada de mais, mas é engraçada, principalmente pela Falecida. Terceira baixa: El Guapo escuta a música e morre com seu skate atrevessado ao corpo.

X-Statix #19

O momento mais engraçado é quando os produtores do Lacuna Show anunciam que a apresentadora está em coma, mas que não prejudicará o programa. Trazem, então, ela numa maca com um pastor (ou algo do tipo) pra fazê-la acordar ao vivo. É o sensacionalismo em sua essência. Ela e Falecida <3. A terceira história é focada em Myles, o Vivisector, que concorda em receber a cura de um cientista doido. Ele é curado, mas o médico na verdade roubou seu gene X pra se tornar o Vivisector 2. O desenvolver da história é bem interessante, mostrando como funciona seu poder, seu rápido namoro com uma estrela fracassada do cinema e como foi lidar com sua família e a mídia sem poderes. A última história é desenhada por Nick Dragotta (Vengeance), que continua o lado pop de Mike Allred mas bem mais “solto”. Sempre bom ver a equipe em traços diferentes.

Exiles #37

Exilados: na última review, os Exilados enfrentaram uma versão psicótica do Coisa depois de passarem um tempo separados. Mímico ficou no mundo da Ninhada e voltou com um Ovo da Rainha, começando a se transformar e atacar todo mundo. Porrada pra todo lado, o Sr. Fantástico consegue reverter o processo da Ninhada, mas a equipe sofre outra baixa: Solaris morre ao ser soterrada por um prédio. Morfo fica desolado e culpa Mímico por ter escondido da equipe. Chega a ser emocionante esse momento. E como de costume, há a substituição: Blink retorna. Outra característica da série é que quando um membro morre, o arco seguinte é focado em outro pessoal.

Exiles #38

Tem início o arco em três partes “Rei Hipérion”, protagonizado pela Arma X, outra equipe manipulada pelo Corretor do Tempo, só pra serviços mais “sujos”. Formados por Aranha, Ms. Marvel, Gambit, Visão, Colossus e o recém chegado Hipérion. Eles estão numa realidade onde os mutantes e super-humanos foram eliminados, restando apenas Magneto e poucos aliados no Asteroide M, prestes a mandar um outro asteroide atingir a Terra e matar a todos. O objetivo da missão é eliminar os mutantes. Hipérion, porém, não concorda com isso e pela primeira vez questiona o que acontecerá se eles não fizerem o que o Corretor quer. Seu propósito é ficar nesta realidade e dominar todos os outros humanos, se tornando um Soberano.

Claro que Magneto não concorda, já que também quer dominar o mundo. Porradaria pra todo canto, várias cenas ótimas. Hipérion não tem misericórdia de ninguém. Ele deixa Vampira sugar um pouco de seu poder para, juntos, tentarem impedir a colisão do Asteroide, mas ela acaba perdendo as habilidades e ele a deixa lá pra morrer, torrando com o calor, só pra ter uma ideia. Conclusão do arco: todos nessa realidade morrem, missão cumprida. Resta saber se os Exilados irão aparecer no próximo.

Exiles #39

O saldo dessas X-Men Extra é mais positivo que das três anteriores, mais por conta de eventos importantes (lê-se mortes) do que qualquer coisa. X-Treme, graças a God, está chegando ao fim e nesse arco, se não é de todo bom, também não é de todo ruim, serviu pra trazer de volta Kitty e Rachel que terão importância mais pra frente. Os X-Táticos perderam Henrietta, Adiposo e El Guapo. Será que todos vão morrer antes da série acabar? E Exilados também perderam Solaris, mas trouxe Blink de volta.

nota 6,5 xA capa da #41 é muito boa!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br