[Review] 100% !

[Review] 100% !

100 paul pope

Nome Original: 100% #1 à #5
Editora/Ano: Opera Graphica, 2006 (Vertigo, 2002)
Preço/ Páginas: R$49,90/ 240 páginas
Gênero: Alternativo
Roteiro/Arte: Paul Pope
Sinopse: Numa Nova York do ano 2038, a vida de 6 jovens se entrelaçam. Paul Pope apresenta ficção científica, cultura indie, o novo underground e sutilezas dessa nova era. Um clássico cyberpunk que, acima de tudo, também é uma história de amor.

***

Paul Pope é um quadrinista americano conhecido pelo seu trabalho bem “indie”, publicando tanto HQ’s quanto mangás pela Kodansha na década de 1990. Infelizmente, temos pouco títulos seus lançados aqui. Entre histórias especiais em séries como Batman, 100 Balas e X-Táticos, temos as graphic novels Batman: Ano 100 e War: Histórias de Guerra. 100% chegou por aqui em 2006 para tentar diminiuir essa “dívida” conosco.

Lançada originalmente em 2002 pela Vertigo, esta graphic novel traz elementos narrativos do mangá para retratar a vida de 6 jovens de uma New York futurística que se entrelaçam entre si. Um “Crash – No Limite” cyberpunk. Ao mesmo tempo em que Pope quer mostrar as novas tendências de 2038, ele é muito sutil na personalidade das personagens e torna 100% uma história de amor.

100 paul pope página 1

Um ponto alto na HQ é que os 6 jovens protagonistas possuem quase que a mesma importância na trama. Você consegue se identificar com cada um deles e nenhum fica ali só pra figuração, algo comum em histórias com vários personagens. Temos Strel, a “mãe solteira”, gerente de dança numa boate e que possui um instinto maternal com sua amiga Kim, que trabalha no bar da boate e decide compar uma arma ao saber da morte de uma amiga. Eloy é primo de Strel e sonha em ter sua obra de arte patrocinada: uma sinfonia de 100 chaleiras fervendo. Haitous é o ex-namorado de Strel, veterano do box (ou luta livre) que ficou um mês desaparecido e agora voltou para pedir uma segunda chance à moça. Por fim há John, um auxiliar na boate que se apaixona obsecivamente por Daisy, uma dançaraina exótica, recém contratada e de espírito livre.

100 paul pope página 2

Cada um com seu drama particular e sonhos. Todos os 25 capítulos giram em torno deles, com quase nenhum personagem secundário. Pope foi feliz no modo que leva a história, com bastante leveza. Um ponto negativo talvez seja o tamanho de 100%: são 240 páginas, que podem deixar o leitor cansado.

Outra característica marcante na história são as tendências futurísticas. Além dos já cansados carros voadores, Pope vai além e traz a cultura underground de 2038. Mulheres fazendo pole-dancing é coisa do passado, agora a moda é a “dança gástrica”, onde a dançarina “instala” alguns fiozinhos no corpo e, ao dançar, imagens de seu organismo são mostradas ao público. Interessante como ele flerta com o fato da sociedade sempre exigir algo novo e, mesmo assim, enjoar facilmente. Isso deixa tudo bastante momentâneo. Num outro bar, por exemplo, a novidade são dançarinas quebrarem ovos. E por aí vai. Num momento Pope me lembrou do nosso Fausto Fawcett, músico e escritor conhecido pela canção Kátia Flávia e por romances cyberpunk brasileiros, que são bem “gástricos” como Santa Clara Poltergeist.

100 paul pope página 3

Os desenhos de Paul Pope são característicos, famoso por sua fisionomia grosseira e traços firmes. O rosto de seus personagens são bem reconhecíveis, geralmente com lábios bem definidos. 100% é totalmente em preto e branco e, pra mim, pode ser um ponto negativo. O motivo é o mesmo de diversas outras HQs em p/b, assim como nos mangás (dos quais Pope se inspira bastante): a quantidade de informação. Não são raras as vezes em que você não sabe o que está se passando na página, pois um desenho se mescla ao outro e acaba virando uma coisa só.

100 paul pope página 4

Mas há os fans do eterno preto e branco nas histórias de terror, então é bem particular esse ponto. O acabamento de 100% é em capa dura e miolo em papel couché, top de linha para valer seu preço: R$49,00. Foi publicado pela extinta Opera Graphica e hoje em dia é possível encontrar em promoções de grandes lojas como a Comix. Infelizmente não há extras. 100% talvez não seja a obra prima de Paul Pope, mas foi muito bem vinda e traz noções interessantes do futuro. Ao fans do cyberpunk, um achado.

nota 8,5 ;

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br