[Review] Vertigo #35 !

[Review] Vertigo #35 !

Vertigo-2335
Nome Original: Spaceman #7; Scalped #36; House of Mystery #27; Hellblazer #212; American Vampire #25
Editora/Ano: Panini, 2012 (DC, 2011; 2009; 2010; 2005)
Preço/ Páginas: R$9,90/ 132 páginas
Gênero: Suspense/ Ação/ Alternativo
Roteiro: Brian Azzarello; Jason Aaron; Matthew Sturges; Mike Carey; Scott Snyder
Arte: Eduardo Risso; R. M. Guéra; Luca Rossi e Cristiano Cucina; Leonardo Manco; Rafael Albuquerque
Sinopse: Vampiro Americano: a Corrida da Morte chega ao fim e revela a verdade por trás da origem do destemido e arrojado Travis Kidd, o jovem caçador de vampiros! E ainda: uma chocante revelação sobre Hobbes e a volta de velhos conhecidos às nossas páginas! Hellblazer: a chocante conclusão de Na Terra… Constantine já devia saber que não se devem fazer acordos no Inferno, mas até um Mago renomado e experiente pisa na bola às vezes, certo? Escalpo: as luzes agora se voltam para um dos mais misteriosos personagens da série e o verdadeiro braço-direito de Corvo Vermelho: Shunka! Prepare-se para mais surpresas… O Homem do Espaço: acuado por equipes de tevê, caçadores de recompensa, criminosos e a polícia, Orson está em péssimos lençóis, principalmente quando perde algo valioso… Casa dos Mistérios: a vida pode ser complicada para um goblin gay, uma garota sem-teto e a filha de uma rainha das bruxas… mas tudo está prestes a mudar para Tursig, Fig e Daphne!
***
.
Vertigo #35 está com um mix muito bom, acima da média até para a revista. Conclusão de arco em Hellblazer e Vampiro Americano, além da volta de Escalpo à cronologia “normal”. Casa dos Mistérios apresenta uma aventura bastante lisérgica em sua história especial e Homem do Espaço…. bem, continua sendo Homem do Espaço. Nessa edição também tem um preview de Sweeth Tooth, a nova série em encadernados da Panini.

Hellblazer-23212Hellblazer: conclusão do arco “Na Terra Para Onde Vão Os Mortos”, Nergal e Constantine chegam ao inferno e interrompem a cerimônia de “coroação” de Rosacarnis. Nergal, utilizando do corpo invulnerável de seu irmão, começa a matar todos os demônios do lugar e Rosa decide se unir à Constantine para tentarem se salvar do massacre iminente, já que o mago está “interligado” à seu inimigo graças à possessão que ocorreu momentos antes. A moça usa do corpo de Constantine para ferir o pai, porém seus planos são interrompidos e chegamos num final inesperado. O “primeiro entre os caídos” tem uma bela participação especial e é um dos destaques da história. No final todo mundo se dá mal, inclusive as duas mulheres no plano “físico”. Toda essa “corte” do infernal é bastante estranha, inclusive o fato dos demônios morrerem. Pra onde que eles vão depois?

Spaceman-237Homem do Espaço: a primeira metade da história é bastante confusa, chega uma hora que o leitor se perde nos personagens. Orson e sua tentativa de fuga com as crianças é frustrada quando Carter descobre e os dois começam a lutar. Lily, a prostituta virtual, consegue escapar por uma brecha da discussão e leva a melhor. Na segunda metade as coisas ficam mais claras, os flashbacks de Orson não parecem mais um amontoado de cenas aleatórias e estão auxiliando no entendimento da série.

Scalped-2336Escalpo: depois de uma edição mais calma e “independente”, a série volta à sua linha normal e desta vez protagonizada por Shunka, um dos braços de Corvo Vermelho, incumbido de visitar um cassino rival e convencer o dono à “aliviar a concorrência” pro lado de Corvo. Em troca, Shunka precisa dar um jeito em Joseph, um índio que envergonha sua tribo por ser gay. Porém, ele acaba se envolvendo muito mais com seu alvo do que poderia imaginar. Foi um rumo totalmente inesperado na série, inclusive com cenas mais “picantes”, sem medo de ser feliz. Prova de que Escalpo consegue tratar de diferentes temas sem cair na banalidade ou parecer forçado, além de melhor série dentro do mix. Fica a expectativa de como será o comportamento de Shunka no próximo capítulo.

House-of-Mystery-2327Casa dos Mistérios: continuando o arco das Bruxas, diversos “robôs voadores assassinos” atacam a cidade e os goblins tentam defende-la. Dentro da Casa, o velho Mack realiza uma viagem no tempo (?) e se transportam para o meio de uma guerra, o que o faz lembrar de quando servia o exército e adquiriu seus poderes. Esse flashback é a historinha da edição, e uma das melhores desde que venho acompanhando: é literalmente uma viagem de LSD, onde Mack encontra um guru que lhe ensina poderes mágicos. Os desenhos de Brendan McCarthy merecem destaque por todo o ar psicodélico que deu a viagem, chapadíssimo. Vale comentar que MacCarthy é um dos responsáveis pela série Shade, o Homem Mutável dos anos 1990, uma das mais psicodélicas da Vertigo. De volta a realidade temos o fim da guerra e um plano envolvendo o espírito de Moranguinho. Casa dos Mistérios vale por esses momentos “nonsense”, pois a trama caminha devagar e, particularmente, perco boa parte do entendimento dela, porém continua bastante divertida de ler.

American-Vampire-2325Vampiro Americano: os desenhos de Rafael Albuquerque deixam a narrativa bem rápida e fica a impressão de que pouco aconteceu nessa edição, se comparado às anteriores. Travis enfrenta Skinner e rola mordida de um lado, pancada do outro. O uso do ouro contra os vampiros (inédito para mim) é bastante interessante e dá uma dinâmica pra série, saindo da mesmice do gênero. A moça que faz participação especial dá um “plot twist” no final e a história toma outro rumo. 

Na sessão de cartas temos alguns comentários interessantes, como uma crítica à Brian Azzarello, considerado superestimado pelo leitor; e elogios à Casa dos Mistérios (sempre na berlinda). Também temos indícios da possível polêmica que esse arco de Escalpo poderá gerar. A revista contém o preview de Sweeth Tooth, próxima série de encadernados da Paninia: apesar de um início menos envolvente que O Inescrito (que veio na edição anterior), foi uma leitura rápida e agradável, parece interessante por tratar de assuntos como religião, fé, mutações e preconceito.

nota 8,5 o
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br