[Review] Marvel + Aventura #7 !

[Review] Marvel + Aventura #7 !

Marvel-Aventura-237-capa
Nome Original: Annihilation: Silver Surfer #4
Editora/Ano: Panini, 2012 (Marvel, 2006)
Preço/ Páginas: R$1,99/ 28 páginas
Gênero: Ação/ Super-Herói
Roteiro: Keith Giffen
Arte: Renato Arlem
Sinopse: Um campeão da vida a serviço do destruidor supremo da vida. Assim é a existência de Norrin Radd, conhecido em todo o cosmo como… o Surfista Prateado! Reveja o confronto entre o mais famoso dos arautos de Galactus e o comandante supremo da Onda de Aniquilação, o implacável Voraz, numa batalha que selou o ressurgimento da lendária aliança entre o Surfista e seu antigo mestre.
***

Quando todos pensavam que a linha +Aventura da Panini tinha dado adeus prematuramente, eis que a editora coloca nas bancas a edição #7 de Marvel+Aventura com uma história do Surfista Prateado e, segundo respondido pela própria, a revista volta a ser bimestral (apesar de não comentar da versão DC). Iniciada em março de 2011 com uma história solo do Wolverine versus a Lady Letal (confira o review aqui, um dos primeiros do blog ^^), a série vinha com a intenção de apresentar os principais personagens e momentos da Marvel e DC aos novos leitores, claro que nem sempre conseguindo, mas a ideia continua super válida, ainda mais pelo preço camarada.

Na #7 temos a última parte de uma minissérie onde o Surfista Prateado enfrenta o vilão Voraz pela segunda vez e volta a ser o arauto de Galactus. Importante comentar que isso ocorre durante o evento Aniquilação da Marvel e que, inclusive, há um epílogo sem nota alguma e que complica a leitura para quem não acompanhou a saga. Poderia ter escolhido uma história mais independente do personagem, afinal de contas, quem for pegar a revista no aleatório ou para conhecer o protagonista irá se perguntar quem é Voraz, quem é Thanos ou as outras duas criaturas no final, ficando a impressão que ela é bastante interligada à Aniquilação.

Marvel-Aventura-237-p-C3-A1gina-1A primeira parte é focada no embate do Surfista contra Voraz e a volta de Galactus. Nada mais é que porradaria, página após página. Há cenas inteiras sem diálogos, apenas os “BOOM, TCHUM, PLANCK” da vida. No epílogo surgem Thanos e outros dois arautos discutindo sobre o Devorador de Mundos e, aparentemente, planejando algo. Fica esse clima de que há algo maior por trás das ações e pode ser que realmente tenha, mas dentro do contexto de Aniquilação; mas isoladamente, a história não funciona bem.

Por outro lado, a arte de Renato Arlem é bastante atraente, dinâmica, com traços fortes e seu Galactus é excelente. Infelizmente, o confronto da primeira parte compromete o resultado final, porém no epílogo a situação melhora com o surgimento de mais personagens em boas sequências. O principal destaque fica para a “ficha” que a Panini colocou na edição, explicando o Surfista Prateado, como que se tornou o arauto de Galactus e suas principais funções, assim como poderes. Apesar de uma história mediana, é ótimo que a linha +Aventura tenha sido retomada, espero que desta vez definitivamente. O acabamento continua em miolo LWC e o ótimo preço de R$1,99.

Marvel-Aventura-237-p-C3-A1gina-2
nota 4,5 4
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br