[Review] Retalhos !

[Review] Retalhos !

retalhos
Nome Original: Blankets
Editora/Ano: Cia. das Letras, 2009 (Top Shelf Productions, 2003)
Preço/ Páginas: R$54,00/ 592 páginas
Gênero: Romance/ Biografia
Roteiro: Craig Thompson
Arte: Craig Thompson
Sinopse: O norte-americano Craig Thompson conta, nesta autobiografia em quadrinhos, como foi sua criação sob educação severamente cristã, sua infância ao lado do irmão menor e, o mais importante, seu primeiro amor, envolto em cobertores e muita neve, algo típico da região em que ele vivia, uma pequena cidade do Wisconsin, nos Estados Unidos.
.
Retalhos é uma HQ super elogiada, ganhadora de diversos prêmios, entre eles os de Melhor Álbum no Harvey Award e no Eisner Award, considerados o Oscar dos quadrinhos. São poucas as HQs que conseguem sair do padrão “apenas um gibi” e conseguir competir com os livros e até supera-los. Mas aos poucos, essa visão de que gibi é coisa pra criança ou passa-tempo está indo embora e começando a ser considerada uma forma de literatura. Se bem que esses mesmos gibis estão bem caros pra serem considerados de criança. Entre as boas HQs que conseguiram competir de igual pra igual com os livros e entrar em listas de “melhores”, temos Fun Home, Mundo Fantasma, Sandman, Watchmen, Maus, Retalhos, entre outros. Retalhos está, inclusive, na lista ALL TIME 100 Novels, da revista Time.
 
retalhos-6
Retalhos é uma autobiografia do escritor Craig Thompson, lançada originalmente em 2003, pela editora Top Shelf Productions. De lá pra cá já ganhou diversas versões, da mais simples, de bolso, à mais luxuosa, em formato livro, capa dura e muitos extras, e com traduções em mais de 10 idiomas. Aqui no Brasil, a editora Cia. Das Letras lançou Blankets num formato, digamos, mais “simples”, porém excelente. A edição nacional possui capa cartonada, com orelhas, miolo de qualidade, com folhas bem grossas e uma ótima impressão. O resultado é um livro colossal, com quase 600 páginas, formando uma baita lombada (sendo maior até que Sandman: Ed. Definitiva), e pesando cerca de 1kg ! É uma HQ de presença. A tradução também é competente, desde o título “Retalhos” (apesar de ser diferente do original, cai perfeitamente) ao texto em si. O único “ponto baixo” é no quesito extras, que não são muitos, apenas uma pequena bio do autor.
 
retalhos-1
Saindo da parte “técnica” da edição nacional e indo para a história, propriamente dita, em Retalhos nós somos apresentados ao pequeno Craig Thompson, em como era sua vida na cidade cristã e pacata de Wisconsin. Seus problemas pessoais, suas dúvidas, sua relação com a família e com a escola. Temos desde sua infância à sua vida adulta. O grande destaque dessa época é Raina, seu primeiro amor.
 
retalhos-5
É interessante notar que o livro não é linear, sempre indo e voltando no tempo. Detalhe para as cenas em que mostram a infância de Craig, que dividia o quarto com seu irmão mais novo, o traço do autor é excelente, e não precisa detalhar nem ser realista pra conseguir demonstrar, em desenhos, os seus sentimentos ou sua imaginação. Durante a infância e adolescência, a religião sempre fez parte da vida de Craig. As situações que envolvem a igreja ou até mesmo as opiniões de pastores dessa época são criticadas de forma calma, deixando que o leitor tire suas próprias opiniões. Num passeio, Craig conhece Raina, formando uma bela amizade e indo passar suas férias na casa da moça. Ela seria sua primeira paixão. Todas as estranhas sensações que Craig passa com Raina, desde o simples toque na pele da moça ou a “glorificação” que fez dela, são retratados de forma lírica pelo autor, sendo, também, um dos pontos altos da HQ.
 
retalhos-2
 
Como eu disse aqui, Retalhos é uma dessas histórias que nos fazem se desligar desse mundo e sonhar mais. Ao terminar de ler, sentimos aquela sensação que tudo poderia ser melhor, e que é nós que complicamos a vida.
.
Retalhos é um dos melhores livros que já li e recomendo a todos. Mesmo quem não gosta de quadrinhos deve dar uma chance, pois a arte só ajuda a intensificar a já excelente história. Creio que outra, das muitas, qualidades da obra é a “identificação”, Craig conseguiu retratar situações banais e excêntricas que mechem conosco, por se tratar de coisas do dia-a-dia. Todos que já leram devem ter se identificado, no mínimo, com alguma situação vivida pela autor. Isso faz com que, ao ler o livro, somos levados àquela parte do inconsciente onde ficam guardadas nossas memórias, trazendo aquela sensação de nostalgia, seja pelos tempos de crianças, onde brincávamos inocentemente, passando pelas descobertas da vida e formação de ideais, até às sensações que temos quando amamos pela primeira vez, mesmo que esse amor seja passageiro. Mas, como já disseram, que seja eterno enquanto dure….
 
retalhos-3
Poderia passar o dia falando das qualidade de Retalhos, como das passagens bíblicas que Craig lê, o preconceito que sofria na escola, o ponto de vista da igreja que frequentava, sua carreira de desenhista, sobre a coberta de retalhos que ganhou… Mas a real qualidade da obra só é descoberta ao ler. 
nota 10 e

* A edição é fácil de encontrar, e apesar do preço de capa (R$54,00), vale cada centavo. Mesmo assim, é possível encontrar bem mais barato na internet.

 retalhos-4

CraigThompson

Pra quem tem curiosidade, esse é o real Craig Thompson.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br