[Review] Mundo Fantasma !

[Review] Mundo Fantasma !

Capa-MUNDO-FANTASMA
Nome Original: Ghost World (Eightball #11 à #18)
Editora/Ano: Gal Editora, 2011 (Fantagraphics Books, 1993-1997)
Preço/ Páginas: R$28,00/ 84 páginas
Gênero: Alternativo
Roteiro: Daniel Clowes
Arte: Daniel Clowes
Sinopse: Lançado em formato de álbum nos Estados Unidos em 1997, MUNDO FANTASMA mostra a vida de duas adolescentes cínicas, Enid e Becky, que comentam sobre tudo e todos à sua volta – principamente sobre os tipos estranhíssimos com os quais esbarram -, enquanto tentam encontrar seu lugar no mundo.
 
.
Veja o que a crítica já disse sobre Mundo Fantasma:
.
# Vogue: Ninguém tem olhos e ouvidos tão aguçados quanto Daniel Clowes para o que se passa com os jovens.
# Washington post: Pela primeira vez numa história em quadrinhos, as pessoas agem e falam como se realmente existissem.
Ambrosia: Enid e Rebecca andam em círculos, protegidas pela sensação, típica da adolescência, de ser algo puro em meio a uma sociedade corrompida.
Universo HQ: Do ex-padre católico pedófilo ao pseudorrebelde neonazista, ninguém é perdoado. A cada capítulo uma nova hipocrisia ou anomalia expõe a esquizofrenia da sociedade atual
The Face: O gibi mais engraçado de todos os tempos.
Daily Telegraph: O mundo parece diferente depois que você lê Clowes: as observações são tão profundas que podem alterar sua percepção.
Time: Para aqueles interessados no potencial das histórias em quadrinhos, o trabalho de Clowes oferece empolgantes possibilidades literárias.
Omelete: Tem que estar na gibiteca de todo mundo. Dan Clowes é um gênio.
Guia de Livros, Discos e Filmes da Folha de São Paulo: as histórias em quadrinhos parecem atingir seu ápice de popularidade e qualidade estética, e não são poucos aqueles a creditarem a Daniel Clowes parte da responsabilidade pelo atual estado das 
coisas. Imprescindível.
 ghostw3-650x333
Concordo em praticamente tudo que foi dito. Mundo fantasma é uma excelente obra. Não é atoa que já foi relançado nos EUA mais de 15 vezes. Resumindo, Enid e Becky são duas adolescentes, entrando na fase adulta, que adoram reparar no que ocorre em sua volta. Ao mesmo tempo em que tentam sanar suas curiosidades, enfrentam os problemas típicos dessa fase: a primeira paixão, as brigas, a convivência com os pais, o primeiro emprego, a descoberta sexual e a ótima “o que fazer de agora em diante?”, entre muitas outras.
.
A história é muito bem contada, parecem que os personagens realmente existem, possuem atitudes e expressões reais, não fica aquele ar forçado, cada fala é uma novidade, como na vida real.
.
É engraçado ver algumas situações que elas passam e comparar com nossa própria vivência. Quem nunca esteve sentado em algum lugar, querendo ficar sozinho e, de repente, você vê aquela pessoa indesejada vindo em seu caminho e tudo que você quer é que ela não te veja. Quem nunca quis ter um estilo próprio, ser diferente ? Como a própria Enid diz numa passagem: “gostaria de ter um estilo próprio de se vestir, comprar todas as roupas da década de 50 e sair andando por aí”. Ou até mesmo tem curiosidade sobre a vida de alguém. O que será que ela faz em casa, o que será que come ? Ou morre de vontade de entrar em algum lugar ou fazer determinada coisa mas não o faz por vergonha ?
.
São essas situações e muitas outras, muitas vezes hilárias, que fazem de Mundo Fantasma uma ótima HQ, diferente e interessante, sem ser politicamente correta, além de excelente. Dan Clowes consegue passar tanta coisa numa página com 8 quadros que parece até mágica, enquanto que em algumas HQs é necessária uma pagina inteira (ou uma página dupla) pra mostrar uma só cena. Mesmo utilizando vários quadros por página, e o formato não ser grande, Clowes consegue mostrar tudo que quer, sem faltar nem exceder em nada. Tudo isso numa arte em preto, branco e verde (em algumas versões, azul).
ghostworld
Originalmente, foi lançada em capítulos, numa revista chamada Eightball, do próprio Clowes, no decorrer de quase 4 anos. Ao terminar, em 1997, foi compilada em um só livro, fazendo bastante sucesso, se tornando um dos quadrinhos independentes mais elogiado e premiado de todos os tempos, sendo relançado diversas vezes.
.
Por ser separada em capítulos, lançado em diferentes épocas, pode perceber várias mudanças nas personagens como, a mais óbvia, o cabelo de Enid, que já experimentou todos os penteados.
.
A relação entre as duas é única. Elas se entendem nos seus próprios problemas. O capitulo final mostra quando uma amizade forte pode ficar bem abalada, e nos fazem lembrar de quando isso acontece com nós, quando temos medo de perder alguém querido, de ficar só, ter que seguir a vida sem o apoio de ninguém e o pior: tomar as escolhas certas.
.
A edição da Gal está boa. Capa cartonada e miolo de qualidade. Como extras temos o nome das músicas cantadas/citadas na história e uma micro biografia do criador. Todas as páginas são em preto, branco e verde. Os desenhos de Clowes não são nenhuma maravilha, se comparando com outros desenhistas, mas se encaixa perfeitamente à HQ. Não há muito o que reclamar da edição brasileira, apenas duas coisas que acho que poderia ser melhor: os extras e a revisão. São poucos extras, e os que tem não são muito relevantes. Como a HQ é curta, poderia ter um especial mostrando como que surgiu, capas originais da revista, uma biografia maior do criador, que já publicou diversas obras, comentários da adaptação para o cinema etc etc, muita coisa poderia ser explorada. Mas a história, que é o mais importante, foi bem editada e merece elogios pela iniciativa. A revisão é por conta de alguns errinhos gramaticais, que passam batido pelos mais desatentos. Fora essas duas coisas, o resultado ficou excelente. Uma excelente história com um bom acabamento.
.
E, mais uma vez, é super recomendada pra quem curte o gênero. Quem não gosta de quadrinhos alternativos, ou palavrões, insinuações etc, pode não gostar, mas deve reconhecer o ótimo trabalho do criador.
.
Pra finalizar, quero dizer que Mundo Fantasma é uma das melhores HQs que li, e não é a toa que ela sempre circula nas listas de melhores quadrinhos. No começo pode parecer até estranha, mas em poucas páginas você consegue se identificar com as personagens e querendo mais, até culminar no incrível final. E com tudo que ocorre na nossa volta, começamos a pensar se tudo isso realmente vale a pena.
ghostworld_rebecca_enid
É engraçado perceber que muitas das coisas que as duas fazem nós também fazemos, muitas vezes não querendo admitir. Poderia escrever muita coisa a respeito do título, mas não tem como não contar spoliers, podemos dizer que as melhores partes, aquelas que conseguem nos tocar, são muito relevantes e podem estragar a surpresa de quem for ler. Recomendo muito lerem, a versão BR está boa e num preço razoável. Com alguma pesquisa podem encontrar mais barato. Em breve assistirei ao filme e posto aqui também.
w1aao2
 
São tantos assuntos interessantes retratados no decorrer da história que rolaria um belo TOP 10 com os melhores momentos (ótima idéia).
nota 10 k
ghost-world-original
Até !
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br