[Review] DC + Aventura #1 !

[Review] DC + Aventura #1 !

Histórias da edição: O Caso da Sociedade Química e O Homem do Capuz Vermelho !
dc-aventura-1
Nome Original: Detective Comics #27 e #168
Editora/Ano: Panini, 2011 (DC, 1939/1951)
Preço/ Páginas: R$1,99/ 26 páginas
Gênero: Ação
Roteiro: Bill Finger/ Bob Kane
Arte: Bob Kane/ Sheldon Moldoff/ Anthony Tollin 
Sinopse: Em O Caso da Sociedade Química, Batman tem sua estreia tentando solucionar estranhos assassinatos. E em O Homem do Capuz Vermelho, temos a primeira aparição do criminoso Capuz Vermelho.
.
Bom, a iniciativa da Panini em lançar a linha “+ Aventura” foi de angariar novos leitores com histórias clássicas e curtas à um bom preço.
.
A primeira edição da DC+Aventura possui duas histórias do Batman e mais 2 histórias de 2 páginas cada no estilo “ficha”. Seguindo a linha de raciocínio acima, temos um leitor novo (eu, que não conheço muito de Batman), histórias “clássicas” (é a primeira história do herói e do Capuz Vermelho) e curtas (em menos de 30 páginas temos 4 histórias), à um bom preço (R$ 1,99). Surtiu resultado ? Pra mim, não.
Millennium-Edition-Detective-Comics-27-page-Batman
 

A primeira edição da Marvel+Aventura trouxe uma história do Wolverine, digamos que clássica, por mostrar o primeiro conflito entre ele e a Lady Letal, com a arte excelente de Barry Windsor-Smith. A revista já foi analisa aqui, e eu gostei bastante, mais por eu já ser um fan dos X-Men do que por ser um leitor novo. Com esta edição acontece algo parecido. Quem é fan pode gostar da história, pelo fator curiosidade ou até nostalgia, mas para quem não é, dificilmente gostará. A arte e o roteiro são travados, já que estamos falando de histórias com mais de 50 anos atrás, onde os temas tratados e o público alvo eram diferentes. Hoje em dia o leitor possui uma nova visão de mundo e está acostumado à certos padrões de quadrinhos, não que isso seja, necessariamente, bom. E a escolha da Panini em ter, numa primeira edição, uma história como essa, não irá ajudar a atrair novos leitores. Eu mesmo, se não tivesse um pouco de conhecimento de Batman, ou se não conhecesse outros personagens da série, ou um pouco de sua atualidade, não me interessaria. Ta certo que de 1939 pra cá muita coisa mudou no mundo do morcego, mas como um leitor novo saberá ?

.
Por “sorte”, temos outras duas “histórias” curtíssimas (2 páginas cada) que mostram a “origem” do Batman e do Coringa num visual mais moderno, com roteiros de Mark Waid, retiradas das HQs 52 #46 (2007) e Countdown #31 (2007), respectivamente. Então, pensando naquela linha inicial da Panini, de angariar novos leitores, ela falhou. Se vermos por outro lado, como uma revista comum que tenta agradar e dar uma sensação de nostalgia aos fans, então podemos dizer que ela até acertou, só não sei o quanto.
 
batman02

Sobre as duas histórias principais, na primeira temos um Batman bem diferente do que costumamos ver.  Como disse, a história é travada e parece que tudo não passa de encenação, com diálogos forçados. O interessante é poder observar as falas e gírias da época, como também o figurino, cenários e objetos antigos, como um telefone numa cena. Na história seguinte, temos a primeira aparição do Capuz Vermelho. Já podemos ver uma evolução no traço do personagem, mas a história é mais forçada ainda e temos um Batman professor de faculdade. O interessante nessa história é mostrar a identidade do vilão. Não conhecia esse personagem e seria uma novidade saber quem está atrás do Capuz, porém a surpresa é estragada logo no inicio da edição, pois na introdução da Panini já se revela a identidade :(. Se colocassem uns “POW” ou “SOC” em algumas partes, ficaria igual à aquela série antiga de televisão do herói kkk, apesar que tem alguns.

costume-04
 

Em relação ao acabamento, está excelente, como acontece no da Marvel. Capa e miolo com folhas de qualidade, enumeradas e uma capa alternativa ao final. O preço também é excelente, apenas R$ 2,00. A próxima edição já foi lançada, trazendo histórias do Lanterna Verde. A da Marvel também já foi lançada, com uma história do Thor com o Homem-Aranha. Também não conheço muito sobre (tirando os X-Men, não tenho conhecimentos de outros heróis!), agora é ler e ver se a Panini consegue me fazer gostar e ler/comprar as revistas atuais deles. Difícil.

view
 
Creio que mais pra frente essa história de atrair novos leitores irá ir por água abaixo e teremos um material voltado mais aos fans, tanto novos quanto antigos. Para pessoas que não conhecem certos heróis, acredito que uma revista estilo “guia” ou até mesmo as edições “Biblioteca Marvel” são mais úteis. Mas enfim, pra Panini o que importa é a venda das revistas e nisso ela acertou, pois continuarei comprando as duas linhas +Aventura, pelo menos é um material variado.
nota 6,5 x
* Pessoalmente, não gostei das histórias desta edição, já que não sou fan do Batman e elas não possuem muito atrativo. Porém a revista é de qualidade e qualquer fan de quadrinhos deveria começar a comprar pois, se der certo, poderemos ler grandes histórias num bom formato.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br