[Review] X-Men #34 !

[Review] X-Men #34 !

X-Men #34

Nome Original: X-Men #142; Uncanny X-Men #425 e #426; Wolverine #188;
Editora/Ano: Panini, 2004 (Marvel, 2003)
Preço/ Páginas: R$6,50/ 100 páginas
Gênero: Ação/ Super-Herói
Roteiro: Grant Morrison; Chuck Austen; Daniel Way
Arte: Chris Bachalo; Staz Johnson; Philip Tan
Sinopse: Novos X-Men: Ciclope, Wolverine e Fantomex se unem para acabar com o misterioso Programa Arma Extra! Fabulosos X-Men: Lorna Dane e Alex Summers estão para se casar e viver juntos… até que a morte os separe! Wolverine: Logan se envolve numa investigação de corrupção policial.

***

Nessa edição acontece o tão esperado casamento entre Polaris e Destrutor, um fiasco! E também novos arcos em Wolverine e Novos X-Men.

X-Men #142

Novos X-Men: depois de um arco muito bom sobre o assassinato da Emma Frost, e sua volta dos mortos graças a Jean, que juntou seus pedacinhos de diamante, imaginei que Grant Morrison fosse dar continuidade e mostrar como Esme arquitetou tudo isso. Mas em vez disso, temos um novo arco com Wolverine, Ciclope e Fantomex se dirigindo ao Programa Arma Extra. Tudo começa no Clube do Inferno (?), com Scott tomando umas e encontrando com os outros dois. Até Shaw e Dentes-de-Sabre estão no lugar. Interessante as cores usadas dentro do Clube, todas vermelhas, parecendo uma boate de verdade.

Wolverine #188

Wolverine: já comentei várias vezes o quanto as histórias solo do Logan são sofríveis, todas seguindo a mesma linha narrativa. E agora que terminei a revista Arma X, to pensando seriamente se passo a acompanhar a “Wolverine” (que a substituiu – mesmo com a fase premiada de Greg Rucka). Nessa edição temos um policial investigando alguns crimes, tentando incriminar um outro. Tudo caminhando normalmente e quando não há mais saída, eis que surge tio Logan. E acaba. Na próxima edição ele deve ajudar na investigação, alguma dívida antiga, sei lá, e vai repetindo o ciclo de sempre.

Uncanny X-Men #425

Fabulosos X-Men: na primeira parte temos a despedida de solteiro de Destrutor com os rapazes, que trazem uma transmorfa que se disfarça da enfermeira Anne, deixando Alex furioso. Enquanto isso, Polaris também está numa despedida com as meninas + o Estrela Polar num bar, comentando de suas experiências sexuais, com direito de um stripper com a cara do Gambit. E Anne tem um papo sério com o Homem de Gelo, o acusando de racista e homofóbico. Sim, Chuck Austen não tem pudor.

Uncanny X-Men #426

Na segunda parte acontece o tão esperado casamento. Todos reunidos, aguardando a noiva e, nos 45 do segundo tempo, Destrutor dá pra trás, deixando a Polaris MUITO furiosa. Ela se descontrola, cria um elmo igual do Magneto unindo o metal dos talheres, e sai destruindo tudo. Reverte o fluxo sanguíneo dos convidados, quebra todas as coisas e vai em busca da enfermeira, o “motivo” de tudo isso. A cena mais interessante da revista e também da volta da Polaris, que estava mais pra Morrigan do que qualquer coisa.

X-Men #34 está bem mediana, principalmente por não termos mais Novos X-Men com a Emma e pela série ruim do Wolverine. Fabulosos, entretanto, ficou acima da média…. depois de vir arrastando essa volta da Polaris e o casamento forçado.

nota 6,5 x

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br