[Review] Vertigo #41 !

[Review] Vertigo #41 !

Vertigo #41

Nome Original: Scalped #42; American Vampire #31; Hellblazer 246; Punk Rock Jesus #2; House of Mystery #31
Editora/Ano: Panini, 2013 (DC, 2010; 2011; 2012; 2008)
Preço/ Páginas: R$10,90/ 132 páginas
Gênero: Suspense/ Ação/ Alternativo
Roteiro: Jason Aaron; Scott Snyder; Sean Murphy; Matthew Sturges; Penelope Klein
Arte: R. M. Guéra; Rafael Albuquerque; Sean Murphy; Marley Zarcone; Werther Dell’edera
Sinopse: Hellblazer: A conclusão de Newcastle Calling! De volta ao cenário do seu maior pesadelo, John Constantine precisa confrontar o passado para poder salvar a vida de inocentes no presente. Punk Rock Jesus: O circo de mídia armado em torno do pequeno Chris chega ao auge quando ele faz seu primeiro “milagre”. Casa dos Mistérios: Enquanto o rescaldo da Guerra das Bruxas esfria, Fig Keele revive um de seus romances adolescentes de detetive! E ainda: uma velha amizade retorna. E isso pode não ser bom. Escalpo: Carol e Dash estão em uma importante encruzilhada. Enquanto ela precisa decidir o destino de sua gravidez, Dash é atormentado pela presença do seu pai. Vampiro Americano: As ruas da cidade são inundadas por sangue enquanto Skinner e Pearl eliminam mais uma ameaça. Mas nem tudo é exatamente o que parece na nova vida de Pearl Jones…

***

Uma ótima edição da Vertigo, todas as séries com bons momentos. Punk Rock Jesus continua excelente, Escalpo fecha um arco bastante emocional, Constantine finaliza o documentário de sua ex-banda punk, novo arco na Casa dos Mistérios e reviravolta em Vampiro Americano.

Punk Rock Jesus #2

Punk Rock Jesus: o programa J2 continua fazendo um enorme sucesso, principalmente agora que o pequeno “Chris” parece ter realizada seu primeiro “milagre”, como a mídia gosta de dizer. Mas Gwen está descontente com toda a situação, pensa que não é uma boa mãe e começa a beber (com apoio do próprio Produtor, às escondidas). A Doutora e o Segurança passam a concordar que Gwen está numa cadeia e precisa de ar, levantando suspeitas ao Produtor. A série traz mais páginas que as demais e seu desenvolvimento é muito bom, o final é bem inesperado. Estou adorando, principalmente pela forma como o autor caminha as coisas, sem tomar posição crítica ou a favor da religião.

Scalped #42

Escalpo: chega ao fim esse arco que tratou da situação polêmica entre Gina abortar ou não seu bebê. Destaque para a cena inicial, onde mostra o “mundo perfeito” para o casal e logo em seguida a real situação, excelente. Na parte em que Gina encontra Dash, os diálogos entre eles se mesclam aos pensamentos que nunca são ditos. Retrata muito bem aqueles momentos quando queremos dizer muito uma coisa, mas acaba nunca saindo… E no final Gina decide se vai abortar ou não.

House of Mystery #31

Casa dos Mistérios: novo arco que irá tratar, finalmente, da Concepção. A primeira página faz um resumão de todos os personagens, pra não deixar o leitor perdido (mas sempre ficamos ^^). Como não peguei a série desde o início, continuo sem saber quem é a Concepção! Apesar da história ser razoável, tem grandes momentos. A história dentro da história é da Fig em sua época de “detetive-mirim”. É tantas idas e vindas na mente de Fig, que não sabemos o que é real e o que é imaginação. No final, a Concepção ataca e parece que a Casa vai ir dessa pra melhor!

Hellblazer 246

Hellblazer: conclusão do documentário sobre a ex-banda punk do Const. O rumo da história tomou outra direção, não temos mais os integrantes da filmagem como protagonistas e sim o próprio John que vem ao local tentar “resolver” as coisas, agora que todos morreram. Apesar dessa mudança (o clima “Bruxa de Blair” estava ótimo), essa edição é bem suja, nojenta e apavorante ^^. Vários absurdos cercam a cidadezinha depois das filmagens.

American Vampire #31

Vampiro Americano: o marido de Pearl finalmente acorda e ela fica tentada a dizer que nesse período em que ele ficou em coma, ela acabou dormindo com Skinner. A ação tomou conta, como de costume, e a narração é bem frenética. Tanto ela quanto Skinner tomam rumos diferentes para tentar encontrar o Conciliábulo, num desfecho bem interessante.

Vale comentar que Vampiro Americano está chegando ao seu fim, já que a série está parada nos EUA. Então, até a edição #45 de Vertigo veremos o término de VA e também de Punk Rock Jesus, que só tem 6 edições. Fica a expectativa do que entrará no mix. Escalpo e Casa dos Mistérios, apesar de ainda faltar um pouco mais pra terminar, ambas acabam. O que será da revista em 2014?

nota 8,5 o

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br