[Review] xxxHOLiC #17 e #18 !

[Review] xxxHOLiC #17 e #18 !

xxxholic-17-jbc-clamp-capa xxxholic-18-jbc-clamp-capa
Nome Original: xxxHOLiC Vol. 9
Editora/Ano: JBC, 2009 (Kodansha, 2006)
Preço/ Páginas: R$6,90 / Cerca de 100 páginas cada
Gênero: Fantasia/ Comédia
Roteiro / Arte: CLAMP
Sinopse: Segundo as crenças japonesas, o “hatsu-yume” ou o primeiro sonho do ano, revela como esse período será para a pessoa. Watanuki tem um sonho bem estranho… Mokona flutuando no ar em cima de uma berinjela. O que será que isso significa? No universo misterioso de Holic tudo é possível, até mesmo comprar sonhos alheios. E em meio a essa “transação”, Watanuki descobrirá um segredo de Doumeki, que ficou guardado em seu passado. Em plena primavera, quando as árvores de sakura (cerejeiras) florescem, Kimihiro Watanuki conhece Kohane Tsuyuri, uma menininha que possui o dom de ver os mortos. A popularidade de Kohane é bem grande, já que a sua paranormalidade caiu no conhecimento do público por meio de um programa de TV.
***
As edições nacionais #17 e #18 de xxxHolic compõem o volume 9 original, lançado em 2006. Watanuki conhece uma entidade que compra e vende sonhos, estreitando sua relação com Doumeki e Himawari, e conhece uma menina capaz de ver espíritos. Desde o episódio em que Watanuki perde o olho direito para a Juro Gumo que a série não enfrenta grandes emoções, com o CLAMP explorando as relações entre os protagonistas e entrando numa espécie de “zona de conforto” da série. A história continua trazendo tudo aquilo que os fans estão acostumados e gostam, sendo boas edições, mas falta algo que surpreenda.
É o primeiro dia do ano e, no Japão, há um ditado que o primeiro sonho revela fatos que se realizarão no decorrer do mesmo. Watanuki sonha com Mokona e uma berinjela e, conversando com Himawari, descobre que ela sonhou que estava sendo seguida por um espírito. Doumeki, por sua vez, sonha com um cavalo. Sem saber, Watanuki acaba “comprando” os sonhos dos dois, atraindo os acontecimentos para sua vida. Yuko auxilia o garoto a tratar do assunto e o leva à conhecer Yumekai, uma espécie de espírito que compra e vende sonhos.
 xxxholic-vol.-9-p-C3-A1gina-1

Yumekai é um personagem interessante e lembra a Raposa da barraca de Oden, pela aparição rápida. Os sonhos intensos das pessoas são personificados em balões (Balões dos Sonhos) e acabam sendo negociados por comerciantes do “outro mundo”. Uma flecha foi materializada do sonho envolvendo o vô de Doumeki e Yuko a negocia com Yumekai, ganhando em troca vários balões de bons sonhos.

Interessante notar na aparência de Yumekai. Na mitologia japonesa há uma entidade chamada Baku que devora os pesadelos das pessoas e é semelhante à uma anta em algumas versões. Na mídia há vários personagens inspirados no mito, como o próprio Yumekai e os pokemons Drowzee e Munna, ambos relacionados ao sono e sonhos, além da aparência de anta.
 xxxholic-vol.-9-p-C3-A1gina-2
Em seguida Watanuki conhece Kohane, uma menina deprimidia que possui o dom de ver espíritos e participa de um programa televisivo sobre o sobrenatural. Pressionada por sua mãe, ela não faz nada que possa prejudicar seus poderes, entre eles entrar em contato com outras pessoas. Sua próxima tarefa seria exorcizar um espírito de uma cerejeira, no qual recebe o apoio de Watanuki, para encaminhá-lo à outra árvore no quintal do templo do Doumeki.
Finaliza o volume um jogo de Mahjong entre Yuko, Doumeki e Watanuki. Parabéns para a JBC, que criou uma nota de tradução para todos os movimentos e técnicas comentadas pelo grupo, além de explicar sobre o misticismo em torno do jogo. Não há nada de surpreendente, com os eventos sendo finalizados e deixando pendente apenas alguns balões dos sonhos não utilizados (ou mostrados) por Watanuki e se Kohane continuará aparecendo daqui pra frente.
 xxxholic-vol.-9-p-C3-A1gina-3
Yuko, mais uma vez, comenta sobre o “futuro depender dessas crianças”. Provavelmente, ela está se referindo à Watanuki e Sakura/ Shoran, personagens do mangá Tsubasa (que se desenvolve paralelamente à xxxHolic). O motivo, porém, continua um mistério. Outro assunto à ficar nas entrelinhas é Himawari, pois Yuko sempre pede à Watanuki para refletir sobre sua amizade com a menina e o porque de gostar tanto dela. Certa vez, foi dito que ela não é sua “deusa da sorte”.
nota 7,0 d
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br