[Review] DC + Aventura #5 !

[Review] DC + Aventura #5 !

História da Edição: Batman Manda Ver!
DC-252B-Aventura-25235-capa
Nome Original: Solo #7
Editora/Ano: Panini, 2011 (DC, 2005)
Preço/ Páginas: R$1,99/ 28 páginas
Gênero: Ação/ Super-Herói
Roteiro: Mike Allred & Lee Allred
Arte: Mike Allred
Sinopse: Baseado na popular série de TV com Adam West e Burt Ward. Após enfrentar o Charada, a vida do Homem-Morcego começa, subitamente, a dar errado. E chega ao ponto do herói quase enlouquecer, com seus amigos sendo brutalmente assassinados e raptados. Mas as coisas não são o que parecem… 
.
A história presente nessa DC+Aventura #5 não é nada de outro mundo, porém é uma leitura bem agradável e divertida, um ótimo material para conhecer o trabalho de Mike e Laura Allred. Originalmente publicada em SOLO #7, uma revista alternativa que dava liberdade de criação aos artistas responsáveis. Nesta versão, toda a trupe do Batman está caracterizada da forma que eram na série televisiva Batman (1966) onde estrelavam Adam West como Batman e Burt Ward como Robin. É de conhecimento de todos o quão “engraçada” era a série, com seus POW e SOC característicos, além de todo o visual colorido dos personagens. Dessa época vale destacar Julie Newmar, a primeira a interpretar a Mulher-Gato, sendo umas das preferidas até hoje.
 
p-25C3-25A1gina-dc-252B-aventura-5-p-25C3-25A1gina
Nessa trama alternativa, o Charada e uma nova comparsa (Alegria) estão causando confusão numa praça até que chegam Batman e Dick Grayson, o primeiro Robin, para acabar com a festa. Eis que Grayson se apaixona por Alegria, levando-a para morar na mansão. Porém nada é o que parece e Batman e Robin descobrem serem mais parecidos com seus inimigos do que eles imaginavam. A história, como dito, não é nada inesquecível, mas prima nas diversas referências à cultura pop, algo bem típico do roteirista/ desenhista, tanto em texto quanto na arte. Como é de se esperar, a série de TV é a grande inspiração, o que vemos muito bem expressado na edição, desde figurino à poses e onomatopéias, como o POW/ SOC e a aparência dos vilões, muito parecidos com a série, como o Pinguim.
.
A edição foi feita, praticamente, pela “família” Allred. Lee Allred auxiliou nos roteiros, enquanto seu irmão, Mike Allred, ficou responsável pelo argumento e arte. Nas cores ficou Laura Allred, esposa de Mike. Entre os trabalhos do casal estão Madman, X-Táticos e Red Rocket 7. A arte dos dois é bem característica, sendo bem retrô, pegando onda na pop-arte. Particularmente, adoro o trabalho do casal, principalmente das cores, algo bem psicodélico. Infelizmente, é um tipo de arte que não fica bem em tudo, mas felizmente ficou ótimo no clima anos 60 da história.
 
p-25C3-25A1gina-dc-252B-aventura-5-p-25C3-25A1gina-2
A capa utilizada pela Panini é uma sátira à outra capa do Batman, lançada em 1966, e caiu muito bem no contexto da história. A versão original das duas capas estão presentes ao término dessa primeira história, ponto pra Panini. Logo depois desse pequeno “extra”, temos outras duas histórias de 2 páginas cada, no formato origem/ ficha, como de costume. A primeira é A Origem do Asa Noturna (2006), com a origem do primeiro Robin; e a segunda é A Origem do Charada (2007), com a origem de Ed Nigma. Como são bem curtas não há tempo de absorver muita coisa ou criar alguma expectativa, porém as duas funcionam ao seu propósito, com uma arte agradável. Os saudosistas irão gostar de todo o clima nostálgico.
p-25C3-25A1gina-dc-252B-aventura-5-p-25C3-25A1gina-3
nota 7,5 d
*Lembre a abertura da série do Batman:
 
 
Até!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br