[Review] Criaturas da Noite !

[Review] Criaturas da Noite !

criaturas_da_noite_capa
Nome Original: Creatures of The Night
Editora/Ano: Ediouro, 2005 (Dark Horse, 2004)
Preço/ Páginas: R$14,90/ 58 páginas
Gênero: Fantasia
Roteiro: Neil Gaiman
Arte: Michael Zulli
Sinopse: Em O Preço, um enigmático gato preto encontra uma nova casa no campo e encanta seus donos. No entanto, noite após noite, o felino começa a mostrar sinais de terríveis ataques. Perturbados pelos acontecimentos, e preocupados com o novo amigo, os novos pais do bichinho não imaginam que aquela tranquila casa de campo não é tão segura quanto aparenta. A Filha das Corujas é um assustador conto histórico sobre um bebê que é abandonado numa igreja. A menina cresce isolada atrás dos muros de um convento por dezesseis anos. A sina da estranha garota inspira tragédia quando a notícia de sua beleza descomunal se espalha pela aldeia vizinha.
..
Em 1998, Gaiman lançou a coletânea Smoke and Mirrors, com diversos contos e poemas do autor. Mais tarde, alguns desses contos foram adaptados para quadrinhos, que é o caso de Criaturas da Noite. No Brasil, Smoke and Mirrors foi lançado, em 2004, pela Via Lettera com o título Fumaça e Espelhos. Criaturas da Noite contém os contos O Preço e A Filha das Corujas, com os desenhos feitos pelo pintor Michael Zulli, parceiro de longa data de Neil Gaiman, onde já participou de algumas edições de Sandman e outros títulos relacionados ao Sonhar, como Bruxaria e The Dreaming, além de outras obras para a Vertigo, DC e Dark Horse.
Criaturas-da-Noite_015
A arte é o ponto alto da HQ, todos os desenhos pintados, detalhados e expressivos. O roteiro de Neil Gaiman, como é de se esperar, é ótimo, misturando realidade com fantasia. Porém, não gostei muito dos contos. O modo de contar a história e do desenrolar são excelentes, unidos à arte, ficou um belo trabalho, mas algo nos contos é estranho. Pelo fato de serem curtos, quando termina você fica com um ? na cabeça. Pode ser só comigo, e numa releitura eu ache diferente, mas isso não tira o mérito da HQ. A edição da Ediouro é muito boa, tanto na versão simples, com capa cartonada, ou na versão com capa dura, lançada pela Pixel mais tarde. Ao ler você percebe que a editora teve um cuidado especial, que pesquisou e se importou em colocar novas notas para a edição brasileira.
.
Entre as qualidades, temos as páginas feitas com papel de qualidade, introdução à obra, bios de Gaiman e Zulli, uma caricatura exclusiva de Gaiman, obras essenciais do autor, além de diversas outras notas exclusivas da versão brasileira antes dos contos. Como ponto negativo, a editora poderia ter comentado sobre o livro Fumaça e Espelhos, fora isso, a qualidade é excelente, pouco vista nas edições nacionais, ainda mais por um preço baixo (R$ 14,90 a edição simples).
 
cotnhcp1
No primeiro conto, O Preço, temos a história de um escritor que mora junto com sua família e gatos numa casa de campo. Num certo dia, um gato preto surge em seu quintal e o escritor começa a tomar conta dele. O gato possui um jeito diferente de ser e seus novos donos o acham estranho, com jeito de humano, até. Tudo vai bem até que o novo gato começa a aparecer, toda manhã, com vários machucados, como se tivesse brigado. O escritor não sabe o que está acontecendo e decide investigar. 
 
cotnhcp4
Toda a introdução é ótima. Ao começar a ler, você já vai percebendo a qualidade dos desenhos de Michael Zulli. Quando, enfim, descobri o mistério por detrás dos machucados do gato preto, fiquei pasmo. Toda a sequência é de encher os olhos, esquisita, mas bem produzida.
.
O que não gostei é do final, e do ? que pairou na minha cabeça, como comentei. É meio obvio a mensagem que Gaiman quer passar, mas mesmo assim não me agradou. Para outras pessoas, esta mensagem pode ser vista de outra maneira. Como estou intimamente ligado à gatos (tenho 5…), vejo a história com outros olhos.
.
Detalhe, mais uma vez, para a excelente arte e para a narrativa.
Criaturas-da-Noite_033
Na segunda e última história, A Filha das Corujas, temos o conto de um bebê abandonado na porta de uma igreja, numa cesta junto com restos de corujas. As pessoas do vilarejo começam a associar o bebê à magia negra e acabam por mandar a menininha para um convento. Lá, ela cresce sem ter nenhum contato com outras pessoas. Comentários a respeito de sua beleza se espalham pelo vilarejo vizinho, fazendo com que os homens do local se dirijam ao convento, culminando num terrível fim.
 
Criaturas-da-Noite_034
Este conto é narrado por um senhor e se assemelha muito à contos de fadas, em parte, por se passar num período medieval. Enquanto a primeira história era mais moderna e atual, esta segunda é mais clássica. Mais uma vez, os desenhos de Zulli são excelentes e conseguem ser até melhores que em O Preço, principalmente nos detalhes. É só observar a primeira imagem, com o título. O final também é em aberto, fazendo com que cada um tire suas próprias conclusões.
 
Por misturar realidade com fantasia, utilizando como protagonistas duas das criaturas mais misteriosas e místicas da cultura popular, o gato e a coruja, cada pessoa terá uma opinião e uma impressão diferente relacionado à obra. Com toda certeza, uma pessoa cética e outra supersticiosa, terão opiniões diferentes. Deste último conto, detalhe para a cena do “sonho” que as mulheres do vilarejo possuem na ausência dos homens.
 
michaelzulli01
Criaturas da Noite vale muito a pena pelo ótimo acabamento que recebeu e pela arte que é excelente. O roteiro, como disse, dependerá do ponto de vista de cada um. 

*Criaturas da Noite foi lançado em duas versões: simples, com capa cartonada, e outra com capa dura, custando R$14,90 e R$29,00, respectivamente. Podem ser encontradas em lojas especializadas, como a Comix. São ótimas edições para colecionadores e fans de Neil Gaiman. Além disso, o livro Fumaça e Espelhos é super recomendado e já estou providenciando o meu.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Comments

comments

Estudante de Artes, consumidor compulsivo de HQs, amante da psicodelia, sonhos, nonsense, teorias da conspiração e colagens. Um mutante. Autor da Central dos Sonhos. + www.filfelix.com.br